Homem agredido com capacetadas não resiste e morre no Hospital Regional de Sousa Homem agredido com capacetadas não resiste e morre no Hospital Regional de Sousa Homem agredido com capacetadas não resiste e morre no Hospital Regional de Sousa

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Homem agredido com capacetadas não resiste e morre no Hospital Regional de Sousa




Um homem identificado como Francinildo Bezerra da Silva, mais conhecido por “Nildinho Batera” de 32 anos, não resistiu e veio a óbito durante a madrugada deste domingo (1º), no Hospital Regional de Sousa (HRS).


“Nildinho Batera” havia sido agredido com capacetadas e um objeto perfurocortante, na cabeça, sofrendo um afundamento do crânio. O fato ocorreu por volta das 14h15 do último sábado (31), na Rua João Miguel Ramos, no bairro Várzea da Cruz, quando a vítima discutiu com um popular de nome Ivonildo, durante uma bebedeira.


Relembre o ocorrido: Homem é agredido com capacetadas após discussão durante bebedeira em Sousa


A Polícia Militar foi acionada e mobilizou guarnições de serviço, que passaram a realizar diligências, porém não encontraram o autor das agressões. O corpo da vítima foi encaminhado ao NUMOL, para o exame cadavérico.


Da Redação

Sertão Informado