Caso Anielle: júri popular do acusado de matar menina de 11 anos acontece em fevereiro Caso Anielle: júri popular do acusado de matar menina de 11 anos acontece em fevereiro Caso Anielle: júri popular do acusado de matar menina de 11 anos acontece em fevereiro

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Caso Anielle: júri popular do acusado de matar menina de 11 anos acontece em fevereiro






O júri popular de José Alex da Silva, acusado de matar Anielle Teixeira, em João Pessoa, foi marcado para o dia 6 de fevereiro de 2023. O corpo da menina de 11 anos foi encontrado no dia 8 de setembro de 2021, três dias após o desaparecimento dela na orla de Cabo Branco, na capital.

O julgamento vai acontecer no Fórum Criminal de João Pessoa, a partir das 9h.

Ao ser preso, José Alex confessou ter matado a garota, mas negou que a estuprou. Depois, a defesa dele informou que o acusado alegou ter sido agredido para confessar o crime.


Após a conclusão do inquérito policial do caso, o acusado foi indiciado pelo crime de homicídio qualificado. Cerca de 10 dias depois, após o recebimento de um laudo feito pela perícia criminal, José Alex oi indiciado novamente por estupro de vulnerável.

Relembre o caso



O corpo de Anielle Teixeira, de 11 anos, que desapareceu no dia 5 de setembro de 2021, foi encontrado na madrugada do dia 8 do mesmo mês em uma mata no bairro de Miramar, em João Pessoa.

Conforme informações da Polícia Civil, o corpo dela foi encontrado apenas com a blusa. Ela sumiu na madrugada de um domingo, depois de sair da praia do Cabo Branco de bicicleta com um homem.

Na época, a delegada Luisa Correia adiantou que o corpo foi encontrado com sinais de decomposição, o que levou a Polícia Civil e a perícia a acreditarem que a criança foi morta logo após a saída da praia, no mesmo local em que o corpo foi encontrado.

A delegada também informou que existem filmagens que mostram o suspeito, que está preso, entrando na mata onde Anielle foi encontrada e saindo do local sozinho.

De acordo com a mãe da vítima, ela estava com os filhos dormindo em um quiosque, onde ela conhecia os donos, após passar o sábado na praia.

A mãe explicou que as taxas de transportes por aplicativo estavam muito altas, então resolveu ficar no local e ir embora de manhã cedo. Por volta das 5h, Anielle sumiu.


A irmã mais nova da vítima teria informado para a mãe que Anielle teria sido convidada a sair com um homem em uma bicicleta e ela não quis ir com a irmã. Depois disso, a menina não apareceu mais.

Fonte G1