Polícia Rodoviária Federal apreende vários animais em estradas de Pombal e Cajazeiras Polícia Rodoviária Federal apreende vários animais em estradas de Pombal e Cajazeiras Polícia Rodoviária Federal apreende vários animais em estradas de Pombal e Cajazeiras

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Polícia Rodoviária Federal apreende vários animais em estradas de Pombal e Cajazeiras


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou nesta segunda-feira (26) a Operação ‘Pista não é pasto’ nas cidades de Pombal de Cajazeiras, no Sertão paraibano.

Pela manhã as ações aconteceram no município de Pombal e à tarde em Cajazeiras. O objetivo é recolher os animais soltos nas pistas os quais acabam causando acidentes e muitas vezes os próprio bichos acabam morrendo.

No fim de semana, em Pomba
l houve dois registros de acidentes envolvendo animais e em um deles uma pessoa morreu.

Os animais apreendidos nesta segunda-feira (26) serão conduzidos para a cidade de Patos onde ficarão na responsabilidade da PRF e no aguardo dos legítimos donos.

CRIME

A remoção de animais soltos em rodovias federais é uma das atribuições da PRF, visando a prevenção de acidentes.

Caso você esteja transitando em alguma rodovia federal e aviste animais à margem ou sob o leito da rodovia, comunique o fato à Unidade PRF mais próxima ou através do telefone de emergência 191.

Se você possui animais em sua propriedade rural, mantenha-os sempre sob vigilância, preferencialmente em áreas cercadas ou delimitadas por obstáculos físicos, a fim de impedir o trânsito desses animais à margem ou no leito das rodovias. Nesse contexto, mantenha em bom estado de conservação as cercas e muretas bem como sempre fechadas as porteiras de sua propriedade.

Caso você tenha um animal recolhido pela PRF, procure a Unidade PRF mais próxima e certifique-se do encaminhamento dado a ele e dos procedimentos necessários para sua devolução.

Lembramos que o abandono de animais em via pública é conduta passível de punição conforme a Lei 3.688/41.

(texto em itálico: reproduzido do site da PRF)

Fonte: Diário do Sertão