Polícia Federal deflagra Operação Pão de César para apurar esquema de compra de votos na Paraíba e prisões são efetuadas, inclusive na região de Sousa Polícia Federal deflagra Operação Pão de César para apurar esquema de compra de votos na Paraíba e prisões são efetuadas, inclusive na região de Sousa Polícia Federal deflagra Operação Pão de César para apurar esquema de compra de votos na Paraíba e prisões são efetuadas, inclusive na região de Sousa

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Polícia Federal deflagra Operação Pão de César para apurar esquema de compra de votos na Paraíba e prisões são efetuadas, inclusive na região de Sousa




A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (7/12) a Operação Pão de César, com o objetivo de aprofundar investigações relativas a esquema de compr

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (7/12) a Operação Pão de César, com o objetivo de aprofundar investigações relativas a esquema de compra de votos por meio da entrega de cestas básicas na cidade de Patos e vincular ocupantes do topo da cadeia criminosa aos crimes apurados.

Foram cumpridos três mandados de busca a apreensão, expedidos pela 28ª Zona Eleitoral, nas cidades de Patos, Aparecida e João Pessoa, que resultaram na apreensão de documentos e mídias eletrônicas que serão agora submetidos à perícia para subsidiar as investigações em andamento.

Na antevéspera do primeiro turno, em 30/9, com a apreensão de várias cestas básicas foram iniciadas as investigações que culminaram com a operação de hoje.

Os investigados podem responder pelo crime de corrupção eleitoral (art. 299 do Código Eleitoral), cuja pena máxima é de quatro anos de reclusão.

O nome da operação se refere a um dos elementos da política do “pão e circo”, implementada por imperadores da Roma antiga com a finalidade de manter a plebe fiel à ordem estabelecida e conquistar o seu apoio.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba