Em São Mamede, PRF apreende motocicleta com motor roubado no estado do Rio de Janeiro em 1998 Em São Mamede, PRF apreende motocicleta com motor roubado no estado do Rio de Janeiro em 1998 Em São Mamede, PRF apreende motocicleta com motor roubado no estado do Rio de Janeiro em 1998

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Em São Mamede, PRF apreende motocicleta com motor roubado no estado do Rio de Janeiro em 1998



A Polícia Rodoviária Federal apreendeu no último domingo, dia 4 de dezembro, uma motocicleta modelo Honda CG 125 que constava ter o motor roubado.

O fato ocorreu na BR-230, km 315, em São Mamede, quando policiais da PRF visualizaram a motocicleta transportando dois passageiros. Após a ordem de parada, foram feitos os procedimentos de fiscalização e então uma inspeção minuciosa onde foi constatado que o motor da motocicleta tinha um registro de roubo datado de novembro de 1998 no estado do Rio de Janeiro.

O condutor, um homem de 39 anos, foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil pelo crime de receptação.

Casos como esse são comuns de serem registrados e um dos principais fatores é a falta de atenção do comprador na hora de adquirir o veículo usado.

Sobre o assunto, o repórter Pabhlo Rhuan, do Patosonline.com, conversou com a agente da PRF, P. Gouveia, que orientou os compradores e vendedores de veículos usados na hora da negociação.

Segundo a agente PRF, P. Gouveia, é preciso que o comprador esteja atento para não cair em golpes como a clonagem de veículos, onde os dados são roubados e passam a integrar o de outro veículo.


Desconfie de preços muito abaixo do mercado;
Faça uma análise detalhada da documentação do veículo;
Conheça o veículo pessoalmente antes de fechar negócio;
Faça um test drive;
Não faça o pagamento antes da assinatura do contrato de compra e venda;
Realize a vistoria veicular e a transferência de titularidade junto ao Detran do seu estado.
Cuidados para o vendedor

Faça uma análise do crédito do comprador através de extratos bancários;
Efetuar a entrega do veículo apenas após a compensação dos valores na conta;
Preencher o CRV e registrá-lo no Detran do seu estado;
Ficar atento para o golpe do anúncio clonado, onde o golpista copia todas as informações do seu anúncio e cria um novo com valores mais baixos.

Pabhlo Rhuan

Estudante de Jornalismo, repórter e editor do Patos Online.