'Operação Hell Fire' prende suspeitos de integrar facção criminosa e apreende armas na Paraíba 'Operação Hell Fire' prende suspeitos de integrar facção criminosa e apreende armas na Paraíba 'Operação Hell Fire' prende suspeitos de integrar facção criminosa e apreende armas na Paraíba

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

'Operação Hell Fire' prende suspeitos de integrar facção criminosa e apreende armas na Paraíba






A polícia civil do Estado da Paraíba, por meio da delegacia de repressão a entorpecentes da Capital (DRE), DRACO, GOE e 9ª DSPC (Itabaiana), desencadeou a operação HELL FIRE com o objetivo de desarticular uma facção criminosa com atuação nas cidades de Itabaiana e região, Mulungu e região e João Pessoa.

As investigações tiveram início acerca de cinco meses e foram intensificadas quando um indivíduo responsável pelo transporte de armas para abastecer a facção foi abordado por policiais civis na cidade de Gurinhém/PB, efetuando disparos contra os policiais e fugindo em seguida. Esse mesmo indivíduo já respondia a diversos inquéritos policias na região acusado de homicídios.

Na data do dia 11, ocorreu um homicídio tentado no município de Gurinhém e informações privilegiadas davam conta que o investigado participou do intento criminoso. Mais uma vez o criminoso foragiu para João Pessoa e, hoje, 12/11/2022, policiais civis da DRE, DRACO e GOE conseguiram localizar e prender em flagrante o suspeito ainda na posse de uma pistola calibre .380 e quinze munições do mesmo calibre.

De posse de informações privilegiadas sobre a facção criminosa, somadas às informações proporcionadas pela prisão, em diligências contínuas, os investigadores se deslocaram para o Município de Mulungu onde conseguiram localizar e prender outros três integrantes da associação criminosa. Na posse dos mesmos ainda foram apreendidas outras 5 (cinco) armas de fogo e diversas munições de calibres variados.

A importância da operação reside no fato que esses indivíduos presos são responsáveis por grande parte dos homicídios cometidos na região de Itabaiana, São Miguel de Taipu, Pilar, Gurinhém e Mulungu.

Importante enaltecer a parceria da 9ª DSPC (Itabaiana/PB) na execução do trabalho. Diversos inquéritos policiais de homicídio serão abastecidos e finalizados com as informações provenientes da operação.