Acusado de matar sócio em Cajazeiras é condenado a uma pena de 14 anos e três meses em regime fechado Acusado de matar sócio em Cajazeiras é condenado a uma pena de 14 anos e três meses em regime fechado Acusado de matar sócio em Cajazeiras é condenado a uma pena de 14 anos e três meses em regime fechado

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Acusado de matar sócio em Cajazeiras é condenado a uma pena de 14 anos e três meses em regime fechado

 




O tribunal do júri de Cajazeiras se reuniu nesta segunda-feira dia 14 e condenou a uma pena de 14 anos e 3 meses o réu THALLEY ROMEU CARTAXO LIRA, 27 anos, acusado de matar a tiros no dia  16/05/2021,  por volta das 01h:50min, na Rua Josefa Maria Braga, Bairro Capoeiras, Cidade de Cajazeiras/PB FRANCISCO LINDOBERTO NUNES GOMES.


 THALLEY ROMEU CARTAXO LIRA, munido de uma arma de fogo matou seu sócio  Francisco Lindoberto Nunes Gomes que tinha 26 anos.

 Após o julgamento que durou quase 8 horas, ocorreu no fórum de Cajazeiras, onde familiares e amigos da vítima usaram faixas e pediam por justiça.