Em mais um júri, réu é condenado a 13 anos e seis meses de prisão por homicídio em São José de Piranhas Em mais um júri, réu é condenado a 13 anos e seis meses de prisão por homicídio em São José de Piranhas Em mais um júri, réu é condenado a 13 anos e seis meses de prisão por homicídio em São José de Piranhas

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Em mais um júri, réu é condenado a 13 anos e seis meses de prisão por homicídio em São José de Piranhas




Nessa quinta-feira (14), o idoso identificado como Manoel Lopes da Silva, 65 anos, foi condenado a 13 anos e seis meses de reclusão em regime fechado pela prática do crime que resultou na morte de Marcos Sousa da Silva, de 38 anos.


O crime aconteceu no dia 23 de dezembro de 2021, nas proximidades da Estação Rodoviária Antônio Gomes Barbosa, na cidade de São José de Piranhas.

A sessão do Tribunal do Júri foi realizada no Fórum ‘Juiz Hamilton de Sousa Neves’. O promotor de justiça Levi Emanuel Monteiro de Sobral atuou na acusação, representando o Ministério Público. O júri foi presidido pelo juiz Ricardo Henriques Pereira Amorim, titular da Comarca de São José de Piranhas.

O crime

Na noite de 23/12/2021 a vítima estava bebendo com sua companheira e foram em direção à moto para irem embora, quando, em determinado momento, a moto apresentou problema e o investigado teria se aproximada e dito que iria resolver o problema, ferindo a vítima com golpe de faca peixeira.

A vítima foi socorrida pelo Samu e conduzida ao Hospital Regional de Cajazeiras, mas devido à gravidade dos ferimentos não resistiu e morreu na unidade de saúde. Já o agressor foi preso pela polícia.

Radar Sertanejo