Eleitor grita 'Bolsonaro' e quebra urna eletrônina em Cajazeiras Paraíba; veja vídeo Eleitor grita 'Bolsonaro' e quebra urna eletrônina em Cajazeiras Paraíba; veja vídeo Eleitor grita 'Bolsonaro' e quebra urna eletrônina em Cajazeiras Paraíba; veja vídeo

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Eleitor grita 'Bolsonaro' e quebra urna eletrônina em Cajazeiras Paraíba; veja vídeo








Um eleitor identificado como Francisco Gomes  Pereira de 55 anos foi preso pela Polícia Militar, após quebrar uma urna eletrônica neste domingo na cidade de Cajazeiras, no interior da Paraíba. Vestido com uma camisa amarela, ele gritou o nome do candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) e deu um soco no equipamento de votação.



O delegado Ilamilto Simplício, responsável pelo caso, disse ao  que o eleitor foi encaminhado ao presídio de Cajazeiras. Ele foi autuado em flagrante por "causar, propositadamente, dano físico ao equipamento usado na votação ou na totalização de votos ou a suas partes".

- O eleitor estava com sintoma de embriaguez e se equivocou no momento de votar - disse Simplício.

O caso foi registrado em vídeo feito por testemunhas. As imagens mostram o eleitor irritado. Ele sai da cabine de votação, caminha até a porta gritando o nome do presidente e, então, volta para o local onde está a urna.

Em seguida, o eleitor dá um golpe no equipamento e é retirado do local de votação por duas policiais militares.

O eleitor alegou que a urna eletrônica não mostrava o candidato escolhido por ele.

- Isso não procede porque várias pessoas votaram antes dele e ninguém reclamou, só ele, que estava embrigado - afirmou o delegado.

O equipamento foi substituído pela Justiça Eleitoral.