Corpo de estudante de medicina natural de Tavares-PB e que foi assassinado no Paraguai, chegou à Paraíba nesta quarta-feira (19) Corpo de estudante de medicina natural de Tavares-PB e que foi assassinado no Paraguai, chegou à Paraíba nesta quarta-feira (19) Corpo de estudante de medicina natural de Tavares-PB e que foi assassinado no Paraguai, chegou à Paraíba nesta quarta-feira (19)

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Corpo de estudante de medicina natural de Tavares-PB e que foi assassinado no Paraguai, chegou à Paraíba nesta quarta-feira (19)



O corpo do estudante Anderson Hugo Pereira Félix, de 29 anos, chegou à Paraíba nesta quarta-feira (19). O jovem foi encontrado morto no último domingo (16) em uma estrada de terra na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira do Paraguai com o Brasil.

De acordo com Igor Félix, irmão da vítima, a previsão o corpo do estudante chegou ao Aeroporto Castro Pinto às 11h30. Amigos do jovem prestaram uma homenagem a ele no local. Em seguida, o corpo seguiu para Tavares, terra natal de Anderson Hugo. Ele foi velado durante a noite desta quarta e às 8h desta quinta (20), ocorrerá o enterro.

As circunstâncias e autoria do assassinato de Anderson Hugo Pereira Félix ainda são investigadas.

Conforme apuração da TV Correio, o estudante teria ido a uma festa um dia antes de ser achado morto. Ele foi encontrado em uma área perto de onde morava e o corpo foi reconhecido por amigos. Exames feitos pelas autoridades locais indicaram que a morte de Anderson Hugo teria sido provocada por uma forte pancada na cabeça.

O paraibano era enfermeiro e estudava Medicina na Universidad Autonoma San Sebastian (UASS). Ele iniciou o curso durante a pandemia, de forma remota, e passou a morar no Paraguai somente em junho deste ano, quando a instituição retomou as atividades presenciais.

Fonte: Portal Correio