Líder de facção criminosa de alta periculosidade que era o mais procurado no Ceará, estava residindo em cidade da região de Sousa Líder de facção criminosa de alta periculosidade que era o mais procurado no Ceará, estava residindo em cidade da região de Sousa Líder de facção criminosa de alta periculosidade que era o mais procurado no Ceará, estava residindo em cidade da região de Sousa

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Líder de facção criminosa de alta periculosidade que era o mais procurado no Ceará, estava residindo em cidade da região de Sousa



Preso na última quarta-feira 31 de agosto, Antônio André Sampaio de Sousa, conhecido como "Escobar" de 33 anos, em uma ação realizada pela Polícia Civil, perto da orla de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, o capturado residiu um tempo na região de Sousa.

De acordo com informações, "Escobar" passou um tempo escondido no município de Santa Cruz, interior da Paraíba. Agentes de investigação da Polícia Civil ao terem conhecimento da informação realizaram uma abordagem no local onde possivelmente ele poderia estar, porém o indivíduo conseguiu foragir.

A Polícia Civil informou que Antônio André Sampaio de Sousa é considerado um líder de uma facção criminosa, e até então ele era o preso mais procurado pelas autoridades policiais do Estado do Ceará, tendo em vista ele comandar o crime na região do Cariri.

De acordo ainda com a polícia, tinham três mandados de prisão por homicídios, tráfico e porte ilegal de arma em aberto contra ele. Informações do Tribunal de Justiça do Ceará mostram ainda processos contra ele por tráfico de drogas, crimes do sistema nacional de armas, crimes de trânsito nas cidades de Fortaleza e Crato.

Após ser capturado, "Escobar" foi recambiado para o Estado do Ceará para ser cumprida a pena imposta pelo Poder Judiciário.

Da Redação do Debate Paraíba