Doutora Paula expressa repúdio à decisão de ministro que suspendeu a lei do Piso de Enfermagem Doutora Paula expressa repúdio à decisão de ministro que suspendeu a lei do Piso de Enfermagem Doutora Paula expressa repúdio à decisão de ministro que suspendeu a lei do Piso de Enfermagem

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Doutora Paula expressa repúdio à decisão de ministro que suspendeu a lei do Piso de Enfermagem




A deputada Doutora Paula (Progressistas) fez um discurso contundente, nesta terça-feira (6), contra a decisão monocrática do ministro Luís Roberto Barroso, que no último domingo (4) suspendeu por um período de 60 dias os efeitos da Lei que garante o Piso Nacional dos profissionais de Enfermagem.


Em seguida, a parlamentar conclamou a classe política pra um levante contra tal decisão, como forma de garantir o piso da categoria em questão. Ela lembrou que o Supremo Tribunal Federal que suspende o piso dos enfermeiros é o mesmo que recentemente aprovou aumento de 18% para os ministros da Corte.

“O Brasil amanheceu envergonhado pela decisão do Supremo!”, declarou Doutora Paula.

Doutora Paula lembrou que o piso é uma conquista dos enfermeiros, que contempla também técnicos de enfermagens e parteiras. Ela acrescentou que o piso foi aprovado no Congresso Nacional, não podendo assim ser derrubado por uma canetada de um ministro do Supremo.

Repúdio

A deputada Doutora Paula não só expressou o seu repúdio à decisão do ministro Barroso, como defendeu a destituição dos atuais ministros do STF, como forma de restaurar a credibilidade da Suprema Corte e da Justiça brasileira.