Homem é morto com tiro de espingardana na frente da esposa e filho na zona rural do município de Várzea, na região de Patos Homem é morto com tiro de espingardana na frente da esposa e filho na zona rural do município de Várzea, na região de Patos Homem é morto com tiro de espingardana na frente da esposa e filho na zona rural do município de Várzea, na região de Patos

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Homem é morto com tiro de espingardana na frente da esposa e filho na zona rural do município de Várzea, na região de Patos







Um agricultor identificado como Jerônimo Jeová dos Santos Silva, de 34 anos, foi assassinado com um tiro de espingarda na tarde desta quinta-feira (18) quando chegava no sítio ondem morava na zona rural do município de Várzea, na região de Patos. Segundo a Polícia Civil, a vítima seguia em uma motocicleta com a esposa e um bebê na garupa quando foi surpreendido por dois meliantes que o aguardavam próximo à sua residência.

De acordo com o delegado da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes (DHE) de de Patos, Edson Pedrosa, quando os policiais chegaram no local, a vítima estava caída por cima da moto. Conforme o relato, os dois meliantes estavam encapuzados e de capacetes e um deles disparou um tiro de espingarda no peito da Jerônimo o qual teve morte imediata.

Após o crime, os meliantes tomaram rumo ignorado e nada fizeram contra a mulher e a criança.

O rabecão removeu o corpo da vítima para o IPC da cidade de Patos para serem feitos exames periciais.




INVESTIGAÇÃO

Segundo o delegado Edson Pedrosa, o falecido não tem processo criminal e conforme os familiares, ele não tinha nenhum envolvimento com o mundo do crime. Entretanto, conforme as investigações, há cerca de três meses, tentaram matar um irmão dele no próprio sítio da vítima, o que levanta a hipótese segundo o delegado, de Jerônimo ter sido confundido.

As investigações continuam, mas de acordo com a autoridade policial, a família não tem ideia de quem seja o autor do crime.

DIÁRIO DO SERTÃO