Policiais Civis e do Raio cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em Icó e no Rio Grande do Norte Policiais Civis e do Raio cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em Icó e no Rio Grande do Norte Policiais Civis e do Raio cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em Icó e no Rio Grande do Norte

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Policiais Civis e do Raio cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão em Icó e no Rio Grande do Norte




Por volta das 7 da manhã de ontem,foi desencadeada a operação 'ABA',com o objetivo de cumprir mandados de prisão expedidos pela Vara Criminal de Icó,contra pessoas investigadas por crime de roubo majorado,consoante inquérito policial 478-0099/2022.

O crime investigado aconteceu no dia 6 de maio deste ano,por volta das 18 horas,no sítio Aba da Serra,na zona rural icoense na divisa com o município de São Miguel no Rio Grande do Norte.No aludido inquérito,houve indiciamentos pelos crimes de roubo,receptação,associação criminosa e coação no curso do processo.Alguns dentre os indiciados tiveram mandados de prisão preventiva decretados,bem como alguns mandados de busca e apreensão domiciliar.Em cumprimento das supracitadas medidas judiciais,foram conduzidos os indiciados Francisco Pedro Henrique de Lima,John Everton da Silva Martins e Marco Batista Gonçalves,sendo que na casa de John Everton,foi encontrada uma pistola calibre 9 mm.

 Francisco Pedro Henrique de Lima e Marco Batista Gonçalves,foram apresentados ao juízo criminal da comarca de Icó para audiência de custódia e posteriormente recolhidos.Já John Everton da Silva Martins foi apresentado ao juízo criminal de São Miguel,no vizinho estado potiguar,onde foi feito o flagrante e apreensão da arma de fogo.A operação 'ABA',foi coordenada pelo delegado municipal de polícia civil de Icó,Vicente de Paula Rodrigues Coelho e contou com a participação do Raio,além de policiais civis e militares do Rio Grande do Norte.O delegado Vicente de Paula,destaca que as investigações prosseguem para fins de recuperação dos objetos subtraídos,bem como para fins de angariar eventuais informações acerca de novas providências.

Foonte 
Por Richard Lopes