Corpo de adolescente que estava desaparecido é encontrado em Puxinanã Corpo de adolescente que estava desaparecido é encontrado em Puxinanã Corpo de adolescente que estava desaparecido é encontrado em Puxinanã

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Corpo de adolescente que estava desaparecido é encontrado em Puxinanã




Foi encontrado na noite deste sábado (30/07) na zona rural de Pocinhos o corpo do adolescente Wellington Johnny Alves da Costa, de 14 anos de idade, que morava no sítio “Maracajá”, em Puxinanã.

O corpo foi reconhecido por familiares e estava em adiantado estado de decomposição.

Um short que Johnny usava foi reconhecido.

Johnny estava desaparecido desde a noite do sábado (23) quando retornava de um ginásio de futsal no Centro da cidade.

O corpo foi encontrado no sítio “Serra da Raposa” por um agricultor que na sexta (29) sentiu um odor muito forte quando caminhava pela região.

Neste sábado ele se dirigiu ao local no final da tarde e com auxílio de uma lanterna encontrou um corpo e chamou a polícia.

A cabeça estava envolta num saco plástico.

Foi uma semana de tortura e agonia que termina com uma tragédia.

As investigações do crime estão com o Núcleo de Homicídios de Esperança.

O delegado seccional Cristiano Santana vai conceder entrevista na segunda-feira (1º de agosto).

Neste sábado a família ainda distribuiu fotos do menino na esperança de que alguém pudesse fornecer alguma pista dele.TROTES…

E todos os dias a família recebeu constantes trotes: telefonemas de detentos de dentro de presídios exigindo um “resgate” (dinheiro) para liberar o menino, para dar informações…

Durante dois dias, por exemplo, um suposto “carreteiro” entrou em contato com a família de Johnny afirmando que estava no Maranhão e que o menino também estava lá, numa fazenda.

O “carreteiro” disse até que colaboraria com a polícia.

Tudo não passou de mais um trote com requintes.CÃES FAREJADORES

Na quinta (28) o Corpo de Bombeiros acionou o canil com dois cães farejadores para realizar buscas na região de Puxinanã.

(Por www.renatodiniz.com)