Mulher morta a pauladas e com 40 facadas pelo primo no Iguatu Mulher morta a pauladas e com 40 facadas pelo primo no Iguatu Mulher morta a pauladas e com 40 facadas pelo primo no Iguatu

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Mulher morta a pauladas e com 40 facadas pelo primo no Iguatu


 







Um crime de morte praticado com requintes de perversidade chocou a população de Iguatu no Ceará.


O crime aconteceu na localidade de Barreiras dos Constantinos em meio ao matagal.


Francisca Rizeuda da Silva de 61 anos, moradora da referida localidade, foi encontrada morta por um familiar, com pauladas na cabeça e dezenas de golpes de faca por todo o corpo na manhã de ontem.


A polícia foi imediatamente acionada e esteve no local realizando os primeiros levantamentos de praxe.


Francisca Rizeuda prestava serviços no PSF da comunidade e era uma pessoas bastante prestativa. O crime deixou os moradores indignados. Uma viatura da Delegacia da Defesa da Mulher da cidade de Icó, que estava em missão na cidade de Iguatu, foi abordada por um advogado na rua Santos Dumont, em frente ao Hospital São Camilo, que revelou que  o suspeito de matar Francisca Rizeuda, estaria circulando nas imediações, e de pronto, o inspetor Egberto Cruz com o bombeiro civil Daniel, acabaram se deparando com o suspeito, onde foi agarrado e imoblizado e conduzido a delegacia de Iguatu  e apresentado ao delegado plantonista José Solano Feitosa para procedimentos.


Antônio Freire da Silva de 46 anos, é primo da vítima e estava com uma faca, provavelmente a utilizada na morte de Rizeuda.


Em depoimento ao delegado José Solano, em um primeiro momento, Antônio Freire negou o homicídio,  mas acabou confessando.


Ele foi autuado em flagrante por homicídio doloso qualificado e já se encontra em um presídio da região a disposição da justiça de Iguatu.


Antônio Freire revelou ao delegado José Solano, que tinha matado sua prima Francisca Rizeuda, que era sua vizinha nas Barreiras dos Constantinos, por conta de desavença de vizinhos, por ela ser uma mal vizinha, o que é contestado na localidade pelos moradores, onde dão conta que Antônio era quem seria um mal vizinho.


O delegado plantonista José Solano, acrescentou que o crime foi premeditado. Já ao anoitecer da terça feira, Francisca Rizeuda foi visitar um filho e ao passar por um beco, foi emboscada e agredida a pauladas. Em seguida arrastada para o matagal, onde lá sofreu cerca de 40 facadas. No matagal, os policiais civis com o suspeito, encontraram um pedaço de madeira que também foi usado no homicídio.


FONTE EXCLUSIVA 


Por Richard Lopes