Pai chora após corpo de filha sumir durante traslado de SP para a PB; família é da cidade de Princesa Isabel Pai chora após corpo de filha sumir durante traslado de SP para a PB; família é da cidade de Princesa Isabel Pai chora após corpo de filha sumir durante traslado de SP para a PB; família é da cidade de Princesa Isabel

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Pai chora após corpo de filha sumir durante traslado de SP para a PB; família é da cidade de Princesa Isabel








Uma família de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba, passou por momentos constrangedores no aeroporto Castro Pinto, na Grande João Pessoa, ao esperar o corpo de sua filhinha, Elise Maria Rodrigues de Lima, de apenas 10 meses de vida, que faleceu na última terça-feira (26) em São Paulo, e não chegou no voo esperado.

Conforme um vídeo gravado pelo pai da criança na tarde desta quarta-feira (27), ele diz que está no aeroporto de João Pessoa e que o corpo de sua filha não havia chegado no voo previsto: “Eu sai lá de Guarulhos com toda a confirmação lá do pessoal dizendo que o corpinho da minha filha estava dentro do voo, e quando eu cheguei aqui no aeroporto o corpinho dela sumiu, o corpinho da minha menina não está aqui, eu estou desesperado, isso não pode acontecer, isso ai é uma injustiça grande, ninguém tem dó não”, disse.


Segundo o pai, ele ficou por cerca de duas horas aguardando o setor de carga entregar o caixão, no entanto, após o tempo esperado, ele foi informado que o corpo de sua filha não estava no avião.

“A gente fica sem saber o que fazer. Ela faleceu ontem às 8h da manhã e estava para ser velada hoje às 17h. Eu já estou com medo se esse corpinho dela vai aguentar por mais tempo, até quando aparecer. Isso aí não é coisa que se faça não”, ressaltou.

CHEGADA DO CORPO

Após a repercussão do caso, a empresa aérea tomou as devidas providências e encaminhou o corpo da menina. O caixão da pequena Elise chegou em Princesa Isabel por volta das 3h da madrugada desta quinta-feira (28).

CAUSA MORTE

Elise Maria Rodrigues de Lima faleceu na terça (26) após realização de uma cirurgia, devido a ela ser portadora de uma doença genética conhecida como síndrome de Apert. A causa morte aponta para uma infecção pulmonar.

Os pais realizaram uma campanha na internet intitulada de hashtag #TodosPorElise, para arrecadar fundos para o tratamento da criança na capital paulista.

PARECER DA CIA AÉREA

Segundo o portal de notícias G1/PB, a empresa responsável pelo voo LA 3348, que saiu de São Paulo às 8h20 desta quarta-feira alegou que “houve uma falha ocorrida no processo de desembarque do voo que retornou para a origem com a urna funerária”.

De acordo com o G1, a empresa disse que “lamenta profundamente e considera inadmissível”, e que “está em constante contato com os familiares e compreende toda a sua indignação com o ocorrido, sobretudo neste momento de dor”.

Ainda segundo o portal, a empresa ressaltou que já teria providenciado embarques aéreo e terrestre para que a entrega do corpo fosse concluída diretamente no município de Princesa Isabel, na madrugada desta quinta-feira.

Sepultamento

Foi sepultado nesta quinta-feira, 28, em Princesa Isabel, no Sertão, o corpo da menina Elise, de 10 meses. Ele tinha desaparecido durante o traslado de São Paulo para a Paraíba, na última terça-feira, 26.

A família da menina estava na capital paulista para tratar de uma doença rara. Infelizmente ela não resistiu e os pais estavam trazendo o corpo da menina, porém o caixão teria desaparecido.

A empresa Latan lamentou o fato e providenciou todo o traslado aéreo e terrestre para que chegasse ao destino, durante a madrugada.

G1