Médico ginecologista defende que haja intervenção federal no HUJB após morte de Ananda Vitória Médico ginecologista defende que haja intervenção federal no HUJB após morte de Ananda Vitória Médico ginecologista defende que haja intervenção federal no HUJB após morte de Ananda Vitória

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Médico ginecologista defende que haja intervenção federal no HUJB após morte de Ananda Vitória



 






O médico ginecologista Gentil Paiva, usou suas redes sociais, lamentando o caso da criança Ananda Vitória, de 3 anos, que faleceu no Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), em Cajazeiras, no último sábado (23), e cobrou uma solução para atendimentos de pronto socorro no hospital.

Gentil Paiva se solidarizou com a mãe da criança, que fez a oitiva na Polícia Civil após a equipe médica do HUJB constatar lesões em parte íntima do corpo.

O médico defende que haja intervenção federal na unidade de saúde. “Imagina a dor dessa mãe. Tem noção do que essa mãe está sentindo agora? Eu sou Ananda Vitória e eu peço intervenção federal já”, disse.

Diário do sertão