Homem acusado de matar a própria esposa a facadas em Santa Gertrudes é condenado a 27 anos de prisão em regime fechado Homem acusado de matar a própria esposa a facadas em Santa Gertrudes é condenado a 27 anos de prisão em regime fechado Homem acusado de matar a própria esposa a facadas em Santa Gertrudes é condenado a 27 anos de prisão em regime fechado

BANNER PRINCIPAL

SUPER BANNER

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Homem acusado de matar a própria esposa a facadas em Santa Gertrudes é condenado a 27 anos de prisão em regime fechado





Foi realizado nesta segunda-feira, dia 14 de março, no Fórum Miguel Sátyro, em Patos, o julgamento de Evani Lucena, de 53 anos de idade, acusado de ter matado a própria esposa, Cláudia Gomes de Medeiros, de 28 anos, a facadas, no dia 13 de março de 2021, por não aceitar o fim do relacionamento.

Evani foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado, após o júri popular, que estava marcado inicialmente para acontecer na última terça-feira (08), porém foi adiado para esta segunda-feira (14), devido à não aceitação de advogado por parte do réu. O advogado da família de Cláudia, Halem Roberto de Sousa, disse já esperar uma condenação em relação ao acusado, diante da brutalidade do crime.

Eles moravam no Sítio São Bento, em uma comunidade rural na região de Santa Gertrudes, distrito de Patos, e estavam separados após conflitos no relacionamento conjugal. Cláudia Gomes de Medeiros não queria mais reatar o relacionamento com Evani, pois segundo familiares ela apanhava do marido e sofria com as crises dele.

Após a separação, Evani passou a importunar Cláudia na tentativa de reaver o casamento, mas ao perceber que ela de fato não iria voltar para casa, ele resolveu tirar a vida da jovem com uma faca. O crime aconteceu na casa dos pais de Cláudia.

Evani ainda passou alguns dias foragido da Justiça, mas resolveu se entregar à polícia, após divulgação de informações e imagens pessoais que identificavam o acusado.

Patosonline.com

Com informações de Polêmica Patos