Ação do GTE e DRACO resulta na prisão de jovem em João Pessoa, acusado de crime de homicídio com requintes de crueldade em Sousa Ação do GTE e DRACO resulta na prisão de jovem em João Pessoa, acusado de crime de homicídio com requintes de crueldade em Sousa Ação do GTE e DRACO resulta na prisão de jovem em João Pessoa, acusado de crime de homicídio com requintes de crueldade em Sousa

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Ação do GTE e DRACO resulta na prisão de jovem em João Pessoa, acusado de crime de homicídio com requintes de crueldade em Sousa






Uma ação integrada entre agentes do Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil de Sousa e policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), resultou na tarde desta quinta-feira (10), na prisão do jovem Nilson Lásaro Ferreira, mais conhecido por “Nilsinho” de 20 anos, acusado de ter assassinado com requintes de crueldade na madrugada do dia 25 de outubro de 2020, Luan Davisson Alves Fernandes, que tinha 20 anos, e era filho do radialista sousense Luciano Fernandes.

A prisão se deu após uma troca de informações da Polícia Civil de Sousa com a DRACO, que deu cumprimento ao mandado de prisão expedido pela 1ª Vara da Comarca de Sousa, no bairro de Mangabeira, na capital João Pessoa. Após a prisão, Nilson Lásaro foi levado à delegacia de Polícia Civil e apresentado ao delegado de plantão para que fossem adotadas as medidas que determina a Lei. Posteriormente, o acusado deverá ser recambiado para a Colônia Penal Agrícola de Sousa, onde ficará a disposição da Justiça.

Esse desfecho positivo, é resultado da ação integrada das equipes do GTE e DRACO, seguindo as orientações da Delegada Seccional da 19 DSPC, Dra Alba Tânia Abrantes.

Relembre o crime:

Nas primeiras horas deste domingo (25), um homicídio, em que teve como vítima o jovem Luan Davisson Alves Fernandes de 20 anos, foi praticado as proximidades do DETRAN, no bairro Gato Preto, na cidade de Sousa.

Segundo informações, Luan Davisson seguia caminhando em via pública, quando em determinado momento foi surpreendido por duas pessoas em uma moto, que efetuaram vários tiros de arma de fogo e em seguida, desferiram diversas pedradas e pauladas na cabeça da vítima. Após o crime, a dupla abandonou uma moto Sundown/Hunter de cor vermelha, placa MOG-3047, e fugiu sem deixar pistas.

A Polícia Militar foi acionada e isolou o local até a chegada da Polícia Científica para ser realizada a perícia. O corpo da vítima foi encaminhado ao NUMOL, para ser feito o exame cadavérico.

Vale ressaltar, que Luan Davisson teria se envolvido em uma confusão na noite do 22. Segundo informações, Luan, há vários dias, vinha fazendo ameaças contra o jovem Ryan Cristian Felix Rodrigues, e dizendo que ele lhe devia o valor de duzentos reais de uma compra de maconha e que se não lhe pagasse iria se dar mau. Na ocasião, a PM foi acionada e conduziu Luan à delegacia.



                              Luan Davisson Alves Fernandes, que tinha 20 anos


Da Redação
Sertão Informado