Suspeito de matar sargento da PM é preso com arma, rádio comunicador e algema, na Paraíba.Sargento Freire tinha 56 anos, era Guarda da Reserva da Polícia Militar e foi executado com tiros na cabeça. Suspeito de matar sargento da PM é preso com arma, rádio comunicador e algema, na Paraíba.Sargento Freire tinha 56 anos, era Guarda da Reserva da Polícia Militar e foi executado com tiros na cabeça. Suspeito de matar sargento da PM é preso com arma, rádio comunicador e algema, na Paraíba.Sargento Freire tinha 56 anos, era Guarda da Reserva da Polícia Militar e foi executado com tiros na cabeça.

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Suspeito de matar sargento da PM é preso com arma, rádio comunicador e algema, na Paraíba.Sargento Freire tinha 56 anos, era Guarda da Reserva da Polícia Militar e foi executado com tiros na cabeça.






O suspeito de matar a tiros um sargento da reserva da Polícia Militar foi preso na manhã desta sexta-feira (4), no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa.

O corpo do policial foi encontrado em um terreno baldio no dia 13 de janeiro e a perícia apontou que a vitima havia sido executada com tiros na cabeça.

Após denúncias, equipes da polícia foram até a casa do suspeito e quando ele percebeu a viatura tentou fugir e entrou dentro da casa da namorada.

Os policiais conseguiram localizá-lo e com ele foram encontrados uma arma, um rádio comunicador e uma algema, que segundo a PM pode ser do sargento que foi assassinado.

O homem foi levado para a Central de Polícia e deverá passar por audiência de custódia ainda nesta sexta.
Sargento Freire tinha 56 anos, era Guarda da Reserva da Polícia Militar e trabalhava no 5° Batalhão, conforme apurou o Notícia Paraíba.

Por: Redação Fonte: Notícia Paraíba