Polícia Civil e Polícia Militar prendem um dos suspeitos de praticar roubos na cidade de Patos/PB Polícia Civil e Polícia Militar prendem um dos suspeitos de praticar roubos na cidade de Patos/PB Polícia Civil e Polícia Militar prendem um dos suspeitos de praticar roubos na cidade de Patos/PB

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Polícia Civil e Polícia Militar prendem um dos suspeitos de praticar roubos na cidade de Patos/PB





A Polícia Civil da Paraíba através do Núcleo de Roubos e Furtos e a Polícia Militar da cidade de Patos/PB, sob o comando do Delegado Elcenho Engel Leite e do Capitão Gean Dillery, cumpriu na manhã de ontem (26/01/2022), Mandado de Prisão Temporária expedido pela Vara da Comarca de Princesa Isabel (Plantão Judiciário) em desfavor de A.L.O.S., com 22 anos de idade, suspeito de praticar vários roubos a mão armada na cidade de Patos/PB.



Após os fatos chegaram ao conhecimento da Polícia Judiciária, foi realizado trabalho investigativo com o objetivo de se identificar os autores dos crimes patrimoniais que estavam aterrorizando a cidade de Patos/PB, onde foi identificado alguns elementos, e de posse dos indícios até então colhidos, foi representado pela Prisão Temporária dos envolvidos que foi prontamente atendido pelo Poder Judiciário. 


O Delegado Elcenho Leite, que estava à frente da operação, disse que um dos mandados de Prisão Temporária foi cumprido em uma residência no bairro Jatobá, nesta cidade de Patos/PB, onde um dos suspeitos se encontrava dormindo. Disse também, que foi apreendido uma camisa e um capacete que são idênticos ao usado pelo bandido quando do assalto da Loja Comercial Ferro e Aço, fato ocorrido no dia 20 de janeiro de 2022 na cidade de Patos/PB, onde uma pessoa foi vítima de disparo de arma de fogo. O Delegado Elcenho Leite enfatizou que outras medidas cautelares estão e vão ser cumpridas, visando dar segurança a população patoense.



O Delegado Seccional da 15ª Delegacia Seccional de Patos, disse que os crimes ocorridos são gravíssimos e que abalam a ordem pública de forma intensa, causando total sensação de insegurança na comunidade patoense, sendo necessárias medidas que paralisem as ações criminosas.


O acusado foi preso e ouvido perante o Delegado Elcenho Leite, e após os procedimentos de praxe, o mesmo foi encaminhado para ao Presídio Regional de Patos/PB.