Moradores se desesperam ao verem casas sendo invadidas por enchente em Cachoeira dos Índios PB Moradores se desesperam ao verem casas sendo invadidas por enchente em Cachoeira dos Índios PB Moradores se desesperam ao verem casas sendo invadidas por enchente em Cachoeira dos Índios PB

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Moradores se desesperam ao verem casas sendo invadidas por enchente em Cachoeira dos Índios PB








As chuvas no Sertão paraibano continuam sendo registradas de forma volumosa. Conforme um morador do sítio Redondo, na zona rural de Cachoeira dos Índios, na região de Cajazeiras, do dia 30 de dezembro até esta segunda-feira (03), já choveu mais de 400 milímetros na localidade. Somente na madrugada desta segunda choveu mais de 135 mm.


Conforme dados da EMPAER de Cajazeiras, a chuva em Cachoeira dos Índios foi de 79 milímetros e o acumulado do ano chega a 247 mm. Ainda segundo os dados, no Sitio Cipó choveu 100 mm e no sítio Riacho do Meio as precipitações chegaram a 130. Ambas as comunidades pertencem ao município.

No sítio Redondo, casas foram inundadas pelas águas dos mananciais e famílias ficaram desesperadas. Veja as imagens no vídeo que está no topo do texto.


A parede do Açude de Figueiredo, no Bairro dos Remédios, em Cajazeiras, não suportou a quantidade de água e rompeu na manhã deste domingo (02), após uma chuva de 52 mm que caiu na cidade.


A água do açude atravessou a parede e invadiu a BR-230, assustando motoristas que passavam pelo local.


SÃO JOÃO DO RIO DO PEIXE


Ainda neste domingo (02), a parede de uma barragem localizada no sítio Brejo das Freiras, município de São João do Rio do Peixe, também na região de Cajazeiras, não suportou a quantidade de água e rompeu após as chuvas durante a madrugada.