POLÍCIA CIVIL DE CAJAZEIRAS REALIZA BUSCA EM RESIDÊNCIA E APREENDE VASTO MATERIAL HOSPITALAR DENTRE ELES INÚMEROS TESTES DE COVID POLÍCIA CIVIL DE CAJAZEIRAS REALIZA BUSCA EM RESIDÊNCIA E APREENDE VASTO MATERIAL HOSPITALAR DENTRE ELES INÚMEROS TESTES DE COVID POLÍCIA CIVIL DE CAJAZEIRAS REALIZA BUSCA EM RESIDÊNCIA E APREENDE VASTO MATERIAL HOSPITALAR DENTRE ELES INÚMEROS TESTES DE COVID

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

POLÍCIA CIVIL DE CAJAZEIRAS REALIZA BUSCA EM RESIDÊNCIA E APREENDE VASTO MATERIAL HOSPITALAR DENTRE ELES INÚMEROS TESTES DE COVID









A Polícia Civil, Seccional Cajazeiras, por intermédio da 2ª Delegacia Distrital de Cajazeiras e Núcleo de Pequenos Delitos (NPD), deu cumprimento ao mandado de busca a apreensão domiciliar e pessoal nº 0002425-40.2019.8.15.0131, tendo como objeto a apuração de crimes de Falsidade Ideológica, falsificação de documento particular, peculato, apropriação indébita e estelionato.

Após buscas minuciosas, foram encontrados na residência do investigado de iniciais M.D.P, 41 anos de idade, munições de arma de fogo (02 munições de fuzil Cal. 7.62 aparentemente intactas e um estojo deflagrado do mesmo calibre, além de 02 munições aparentemente intactas de Cal. 38). O curioso é que foram encontrados vários materiais e exames hospitalares, tais como seringas, máscaras n95, luvas descartáveis, testes rápidos de HIV, testes de COVID, ampolas para tratamento de sífilis, além de vários cartões de vacinação em branco.

O que mais chamou a atenção foram os inúmeros testes de COVID apreendidos e que poderiam estar sendo utilizados na população. O investigado já prestou serviços na Secretaria Municipal de Saúde de Cajazeiras, tendo sido exonerado pela atual secretária de saúde do município.

Em razão do material apreendido na residência do investigado de imediato foi lavrado o auto de prisão em flagrante por crime de Posse Irregular de munições de uso restrito (Art. 16 da Lei nº 10.826/03).

No que diz respeito ao material hospitalar e de saúde apreendidos será investigada a origem do material e se tal material foi desviado de algum órgão público de saúde, o que em tese poderá caracterizar crime de peculato e outras tipificações a serem esclarecidas no curso do inquérito.

Após as medidas de praxe o investigado foi encaminhado ao presídio local.

Polícia Civil: Investigação efetiva, sociedade protegida.

Assessoria de Imprensa da 20ª DSPC - Cajazeiras.