Fotógrafo cajazeirense vence Prêmio Hermano José com obra que retrata o dia a dia do sertanejo lutador Fotógrafo cajazeirense vence Prêmio Hermano José com obra que retrata o dia a dia do sertanejo lutador Fotógrafo cajazeirense vence Prêmio Hermano José com obra que retrata o dia a dia do sertanejo lutador

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Fotógrafo cajazeirense vence Prêmio Hermano José com obra que retrata o dia a dia do sertanejo lutador




O trabalho fotográfico “Sertanejos”, do fotógrafo cajazeirense José Cavalcante Júnior, mais conhecido como “Cavalcante fotógrafo”, foi vencedor do Prêmio Hermano José na categoria Fotografia que tem incentivo da Lei Aldir Blanc. Na premiação foram selecionadas mais de 730 obras físicas de Artesanato, Habilidades Manuais, Artes Visuais, Fotografia e Literatura.



O registro fotográfico de Cavalcante retrata a realidade do povo nordestino no sertão da Paraíba e mostra um idoso em um cavalo e como plano de fundo uma motocicleta que transita por uma estrada de terra. A imagem também pode ser vista como duas realidades de transporte no interior paraibano, atrelando passado à atualidade.



“Essa fotografia é a personificação do cotidiano de inúmeras pessoas do sertão paraibano. O homem, montado a cavalo usa um chapéu. O rosto baixo e os olhos fechados por razão da poeira, que subiu quando a motocicleta passou. A poeira e o calor são evidenciados no rosto baixo do homem e nos olhos entreabertos do cavalo. O homem negro resiste ao sol e a poeira que facilmente pode ser, metaforicamente, transportada para as camadas sociais opressoras que determinam o lugar de existência do outro. Do homem do campo, do homem negro, do homem sertanejo. Essa fotografia ainda convida aos apreciadores a perceber as mudanças nos meios de transportes na zona rural, que não acompanham o mesmo ritmo frenético dos espaços urbanos e sobretudo dos grandes centros’’, afirma Júnior Vilheira, historiador, que acompanhou o trabalho.



Fotógrafo cajazeirense vence primeiro lugar no Prêmio Hermano José com a obra “Sertanejos”. Foto: Cavalcante Fotógrafo


Cavalcante destaca que “quer mostrar nessa fotografia o processo de ressignificação de resistência e persistência do homem diante as dificuldades da vida no sertão. Espera que todos consigam criar suas próprias interpretações e que percebam nesse homem negro e nesse cavalo, expressões vivas de um sertão quente, empoeirado, mas incrivelmente resistente”.


PERFIL


José Cavalcante Junior, mais conhecido como Cavalcante Fotógrafo, filho do também fotógrafo José Cavalcante e Maria do Socorro Cavalcante. Iniciou na profissão em 1987, tendo como primeiro mestre o fotógrafo Airton Pinto, proprietário do primeiro laboratório de revelação de fotos em cores de Cajazeiras, onde desempenhava a função de lavar e colocar as fotografias para secar. Em seguida iniciou na arte de fotografar e foi aí que decidiu que essa seria a profissão de sua vida. Cavalcante tem 34 anos de atuação em Cajazeiras e região.


“Não considero minhas imagens perfeitas e nem dignas de serem expostas. Desejo simplesmente guardar, através de minhas fotos, um pouco da história da qual sou testemunha”, destaca o fotógrafo.



José Cavalcante Junior, mais conhecido como Cavalcante Fotógrafo. Foto: Divulgação


SERVIÇO:


Para conhecer mais o trabalho de Cavalcante Fotógrafo siga no Instagram @cavalcantefotografo ou entre em contato pelo WhatsApp (83) 9 9373-6557.


Diario do Sertão