Blindado volta a brilhar, atropela rival no primeiro round e conquista terceiro nocaute seguido no UFC 269 Blindado volta a brilhar, atropela rival no primeiro round e conquista terceiro nocaute seguido no UFC 269 Blindado volta a brilhar, atropela rival no primeiro round e conquista terceiro nocaute seguido no UFC 269

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Blindado volta a brilhar, atropela rival no primeiro round e conquista terceiro nocaute seguido no UFC 269








Não tem piedade. Promessa brasileira no peso médio (até 83,9kg.) do Ultimate, Bruno Blindado voltou a brilhar no octógono. Adversário de Jordan Wright no card preliminar do UFC 269, o paraibano levou a melhor em confronto de trocação franca que durou apenas um round. Com uma atuação devastadora, o atleta conquistou o terceiro nocaute consecutivo com as luvas da organização.

Candidato a um dos bônus de performance no evento, o brasileiro ampliou a boa fase na carreira. Promessa brasileira na categoria liderada por Israel Adesanya, o atleta segue invicto em três atuações no UFC.

Atropelado por Bruno, Wright, que chegou invicto ao Ultimate, amargou a segunda derrota na companhia. Agora, o paraibano tem o sinal de alerta ligado.



Na entrevista ainda no octógono, Blindado pediu um oponente ranqueado para a sequência. O nome sugerido foi Brad Tavares, atual número 11 do grupo.

A luta

O confronto começou com Jordan tomando a iniciativa com uma sequência de chutes altos. O brasileiro respondeu com um direto, mas o norte-americano surpreendeu com um contragolpe, que balançou Blindado. Wright seguiu em vantagem no clinch e agredia Bruno com uma cotovelada. O brasileiro conseguiu se afastar e conectou dois cruzados limpos no rosto do adversário, que bambeou. Blindado seguiu golpeando até que o rival caiu. O brasileiro seguiu golpeando até que o árbitro interrompeu o confronto.

B. Blindado nocauteou J. Wright no UFC 269 (Foto: Instagram/UFC)