Polícia Civil da Paraíba prende na Bahia suspeito de matar agente socioeducativo no sertão paraibano Polícia Civil da Paraíba prende na Bahia suspeito de matar agente socioeducativo no sertão paraibano Polícia Civil da Paraíba prende na Bahia suspeito de matar agente socioeducativo no sertão paraibano

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Polícia Civil da Paraíba prende na Bahia suspeito de matar agente socioeducativo no sertão paraibano








A Polícia Civil da Paraíba, por meio da 19ª Delegacia Seccional (sede em Sousa)  Grupo de Repressão Qualificada (GRQ) de Cajaziriras PB e a Delegacia de Homicídios de Campina Grande, com apoio  da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) prendeu nesta quarta-feira, 06 de outubro, na cidade de Irecê (BA), o homem suspeito de matar o agente socioeducativo Hiltom Nogueira do Nascimento, 65 anos. A prisão contou com o apoio da Polícia Civil da Bahia.

O crime foi cometido no dia 03 de janeiro de 2016, no município de Santa Cruz (PB). De acordo com as investigações, o suspeito teria se desentendido com sua esposa, durante uma festa na zona rural daquele município, e algumas pessoas presentes teriam se manifestado em defesa da mulher.

O investigado, então, foi até sua casa e voltou com uma arma. Ele atirou contra a própria companheira e saiu à procura das pessoas que teriam ‘se envolvido’ na confusão. Hiltom e outra pessoa acabou sendo atingidas por tiros. O funcionário público não resistiu aos ferimentos. 

Foragido na cidade de Irecê, os policiais paraibanos foram até a Bahia para prender o suspeito. As equipes estão neste momento concluindo os procedimentos naquele estado, para, em seguida, trazer o foragido para a Paraíba

‘Reincidência’ 

A Polícia Civil apura também uma possível tentativa de homicídio contra outra ex-companheira, cometida por esse mesmo homem preso. Caso se confirme, ele deverá responder pelo homicídio consumado de Hiltom Nogueira e três tentativas de assassinato. 

Polícia Civil da Paraíba
Assessoria de Comunicação
06.10.2021