Menina de 9 anos, de Conceição, que morreu em hospital de Patos, pode ter sofrido abuso sexual, diz nota Menina de 9 anos, de Conceição, que morreu em hospital de Patos, pode ter sofrido abuso sexual, diz nota Menina de 9 anos, de Conceição, que morreu em hospital de Patos, pode ter sofrido abuso sexual, diz nota

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Menina de 9 anos, de Conceição, que morreu em hospital de Patos, pode ter sofrido abuso sexual, diz nota





O Hospital Infantil Noaldo Leite, da cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, emitiu uma nota de esclarecimento sobre a morte da pequena Hiasmin Milleny Cavalcante Bernardo, de apenas 9 anos de idade, da cidade de Conceição, ocorrida no último domingo (17). Conforme a nota, após uma piora no quadro de saúde, a equipe médica viu a necessidade de fazer intubação orotraqueal e colocar sonda vesical, procedimento este, que foi percebido a ruptura no hímen.


Após detectar o fato, a mãe da menina, bem como a assistência social do hospital foram informadas e de imediato, exames foram realizados. O hospital informou que às 17h29 do domingo (17) a pequena Hiasmin não resistiu e veio a óbito.



A nota explica que a paciente deu entrada no dia 15, na sexta-feira, com histórico de dor em membro inferior direito há dois dias após queda de bicicleta, segundo informações coletadas, evoluindo com desconforto respiratório e febre. Um dia depois o quadro se agravou e a criança foi transferida para a UTI, vindo a óbito um dia posterior.

O corpo de Hiasmin foi levado ao Instituto de Perícia Científica (IPC) de Patos para realização da autópsia. Conforme contato com IPC, o laudo tem até 15 dias para ser entregue ao delegado, sendo possível haver exames complementares, que nesse caso o resultado demoraria mais dias.

Confira a nota do Hospital Noaldo Leite na íntegra com detalhes do processo de agravo da saúde da paciente desde o momento em que chegou na unidade:

Nota

O Hospital Infantil Noaldo Leite vem esclarecer o motivo da causa da morte de H. M. C. B., 09 anos, ocorrida no dia 17 de outubro, nesta Unidade Hospitalar.

A criança deu entrada no dia 15 de outubro com histórico de dor em membro inferior direito há dois dias após queda de bicicleta, segundo informações coletadas, evoluindo com desconforto respiratório e febre. Foram solicitados exames laboratoriais e de imagem, com hipótese diagnóstica de pneumonia e trauma. Após resultado da tomografia, foi evidenciado derrame pleural bilateral e todos os cuidados foram tomados, além de suporte psicológico com a equipe de assistência social e psicologia.

No dia 16, o quadro se agravou e a criança foi transferida para a UTI.

No domingo (17), houve a necessidade de fazer intubação orotraqueal e colocar sonda vesical. Neste momento foi observada ruptura no hímen. A equipe médica informou à genitora e à assistência social para que todas as providências fossem tomadas. Exames foram realizados. Foi solicitado uma avaliação cirúrgica e realizada uma drenagem torácica às 14h. Algumas horas depois, a criança teve uma parada cardiorespiratória. Todos os suportes necessário foram dados, mas a equipe não obteve sucesso. A criança veio a óbito às 17h29.

Diante do quadro, foi solicitado ao IML que realizasse os exames necessários para averiguar a suspeita de abuso sexual. O órgão emitirá o atestado de óbito com o resultado da análise.

A equipe do HINL se solidariza com a família pela perda e se coloca à disposição para os esclarecimentos sobre o caso.


A pequena Hiasmin faleceu no final da tarde deste domingo na UTI do Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos.

DIÁRIO DO SERTÃO