Dupla de advogados patoense consegue absolver no tribunal do júri, mulher acusada de ser mandante de um homicídio ocorrido em 2020 na cidade Patos Dupla de advogados patoense consegue absolver no tribunal do júri, mulher acusada de ser mandante de um homicídio ocorrido em 2020 na cidade Patos Dupla de advogados patoense consegue absolver no tribunal do júri, mulher acusada de ser mandante de um homicídio ocorrido em 2020 na cidade Patos

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Dupla de advogados patoense consegue absolver no tribunal do júri, mulher acusada de ser mandante de um homicídio ocorrido em 2020 na cidade Patos



Os advogados Dr. Djalma Queiroga e Dr Humberto Simplício, atuando no tribunal do Júri nesta quinta-feira, 26 de outubro, na cidade de Patos, conseguiram absolver a Sra. V. G. dos S., acusada de ser a mandante de um homicídio ocorrido no dia 09 de outubro de 2020, na cidade de Patos, e que teve como vítima Márcio André Galdino.

Os advogados sustentaram a tese de negativa de autoria a qual foi aceita pelo corpo de jurados. A seção do Júri teve início às 08h30min se prolongando até às 21h00min.

Também na mesma seção, foram julgados acusados de serem os executores do homicídio os Srs. P. dos S. G. e J. E. G., os quais foram defendidos por Dr. Roberto que também conseguiu absolver P., levantando a tese de negativa de autoria e aceita pelo conselho de sentença.

Assessoria