Bebedeira de amigas termina com mulher surda e muda agredida e ensanguentada em Pombal Bebedeira de amigas termina com mulher surda e muda agredida e ensanguentada em Pombal Bebedeira de amigas termina com mulher surda e muda agredida e ensanguentada em Pombal

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Bebedeira de amigas termina com mulher surda e muda agredida e ensanguentada em Pombal








A dona de casa Alania da Silva Feitosa estava bebendo com uma amiga em sua residência na rua Antônio Claro da Costa, bairro Janduy Carneiro, na noite deste domingo (17) em Pombal quando foi agredida com um jarro de vidro. Alania é deficiente auditiva e também não fala e foi agredida pela amiga sofrendo um grave ferimento na cabeça.

De acordo com informações da polícia, uma guarnição da PM foi acionada e ao comparecer ao local, a suspeita já havia foragido, estando somente a vítima em sua residência, reclamando de dores na região da cabeça.

A agressora já foi identificada pela polícia e está sendo procurada pelas guarnições da PM.


Mulher agredida em Pombal. Foto: Diário do Sertão

Na delegacia de Polícia Civil de Pombal, o repórter João Alencar contou detalhes da ocorrência e o ferimento na cabeça da vítima. Alania da Silva foi socorrida para o Hospital Regional de Pombal para receber atendimento médico e o caso está sendo investigado pela polícia.

DIÁRIO DO SERTÃO