Modernizando a iluminação pública: Prefeitura de Cajazeiras e Energisa firmam nova parceria Modernizando a iluminação pública: Prefeitura de Cajazeiras e Energisa firmam nova parceria Modernizando a iluminação pública: Prefeitura de Cajazeiras e Energisa firmam nova parceria

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Modernizando a iluminação pública: Prefeitura de Cajazeiras e Energisa firmam nova parceria




Pensando em modernizar a iluminação da cidade e reduzir o consumo, bem como melhorar cada vez mais a qualidade de vida da população, a Prefeitura de Cajazeiras firmou nova parceria com a Energisa Paraíba. O convênio foi assinado na manhã desta quinta-feira (2), durante encontro que contou com a presença do prefeito Zé Aldemir, do vice-prefeito Marcos do Riacho do Meio e auxiliares da gestão, além do coordenador de medição e combate a perdas da Energisa, Miranildo Gomes.

As obras serão realizadas entre os meses de fevereiro e março de 2022. Ao todo, serão substituídas 261 lâmpadas de ruas e praças do município, com expectativa de redução do consumo elétrico cerca de 256 MWh/ano, quantidade suficiente para abastecer cerca de 130 residências com consumo médio de 200kWh/mês. Para esta iniciativa, a Energisa investirá quase R$ 360 mil.

A mudança será realizada por meio do Projeto de Eficiência Energética (PEE) da Energisa, que faz parte do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com isso, a cidade ganhará lâmpadas de LED, mais duráveis e econômicas.

Regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Programa de Eficiência Energética é uma oportunidade para que as prefeituras aumentem a eficiência do seu parque de iluminação pública, economizando e direcionando essa economia alcançada para outras necessidades da população. Para os moradores, a iniciativa traz ganhos em segurança, pois uma rua bem iluminada oferece mais proteção para quem transita e mora nela.

O prefeito Zé Aldemir destacou a importância da parceria com a Energisa para viabilização desse projeto. "Vamos ganhar com a redução do consumo e com uma iluminação moderna e mais eficiente", comentou.