Júri condena réus que mataram comerciante Messias Marchante em Cajazeiras PB Júri condena réus que mataram comerciante Messias Marchante em Cajazeiras PB Júri condena réus que mataram comerciante Messias Marchante em Cajazeiras PB

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Júri condena réus que mataram comerciante Messias Marchante em Cajazeiras PB






O Tribunal do Júri de Cajazeiras condenou, nesta segunda-feira (13), FRANCISCO RONALDO DO NASCIMENTO BATISTA e RODOLFO BARBOSA NASCIMENTO, pai e filho acusados de um crime de morte contra o popular MANOEL MESSIAS BRAGA GONÇALVES (Messias Marchante). 

Narra à denúncia que, no dia 30 de novembro de 2020, por volta das 5 horas e 20 minutos, no Açougue Municipal situado na Rua Engenheiro Carlos Pires de Sá, Centro, Cajazeiras/PB, o segundo acusado acompanhado de seu pai, o primeiro denunciado, chegou ao local de trabalho da vítima, MANOEL MESSIAS BRAGA GONÇALVES, armado com uma espingarda calibre 12. Inadvertidamente, apontou para a vítima e disse ao seu filho FRANCISCO “o safado é este” ordenando o disparo de arma de fogo.

RODOLFO alvejou a cabeça da vítima que faleceu no local.

A sentença  lida aos réus foram:

FRANCISCO RONALDO DO NASCIMENTO BATISTA (Pai) foi condenado a uma pena definitiva de 21 (vinte e um) anos e 9 (nove) meses de reclusão.

RODOLFO BARBOSA NASCIMENTO foi condenado a uma pena de 19 (dezenove) anos e 6 (seis) meses de reclusão.

Após o julgamento os dois retornaram ao Presídio Regional de Cajazeiras.


       Os trabalhos foram presididos  pelo  DR. Ricardo Henriques Pereira Amorim  Juiz de Direito