Homem é preso suspeito de tentar abusar sexualmente de duas crianças no distrito de Boqueirão município de Cajazeiras Homem é preso suspeito de tentar abusar sexualmente de duas crianças no distrito de Boqueirão município de Cajazeiras Homem é preso suspeito de tentar abusar sexualmente de duas crianças no distrito de Boqueirão município de Cajazeiras

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Homem é preso suspeito de tentar abusar sexualmente de duas crianças no distrito de Boqueirão município de Cajazeiras










O servente de pedreiro Francisco Rodrigues de Araújo, 43 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (13), suspeito de tentar estuprar duas crianças na residência dos pais, no distrito de  Boqueirão de Piranhas, município de Cajazeiras, sertão da Paraíba. 

De acordo com informações da polícia, o suspeito trabalhava com o pai das vítimas e por ter liberdade de frequentar a casa acabou se aproximando das crianças. Neste domingo (12) por volta de 16h, vendo que o pai das garotas estava limpando a piscina, o suspeito agarrou as crianças pelo braço e começou a puxá-las para uma área de difícil acesso. As crianças conseguiram fugir e correram para os braços da mãe e relataram a ação do criminoso.

O caso foi registrado na delegacia de Polícia Civil e passou a ser investigado de prontidão. Na manhã desta segunda-feira (13), agentes do Grupo de Repressão Qualificada (GRQ) da Polícia Civil de Cajazeiras foram até a localidade, localizaram o suspeito e efetuaram a prisão em flagrante. Segundo a polícia, Francisco Rodrigues será autuado por estupro tentado de vulnerável e passará por audiência de custódia.


Na Central de Flagrantes da Polícia Civil de Cajazeiras minutos após ser preso, na manhã desta segunda-feira (13),  Francisco Rodrigues de Araújo confessou a tentativa de abuso contra as crianças, a masturbação após o delito e disse que estava arrependido.

‘’Eu tô arrependido dez mil vezes. Eu peguei só na mão delas, das meninas. Eu estou arrependido. Eu tinha tomado umas canas, tô arrependido hoje’’, disse.

Francisco Rodrigues disse que nada que ele fez foi premeditado. ‘’Foi a primeira vez. Nunca fui preso. Sou da roça, trabalhador’’, afirmou.



Os agentes da Polícia Civil ao chegarem até o local em que o suspeito se encontrava, que fica em Riacho Fundo notaram que ele ainda estava se masturbando e com a roupa suja de esperma. Chorando, ele novamente confessou o crime.

‘’Cachaça na minha cabeça. Eu tava trabalhando na firma ai não aguentei trabalhar e vim pra casa. Eu moro só, não tenho mulher. Foi a primeira vez, nunca mais eu faço. Enquanto vida eu tiver nunca mais faço isso. Eu peguei só na mão delas e pronto.