Bandidos arrombam lava-jato de jovem empresário de Cajazeiras e levam mais de R$ 8 mil Bandidos arrombam lava-jato de jovem empresário de Cajazeiras e levam mais de R$ 8 mil Bandidos arrombam lava-jato de jovem empresário de Cajazeiras e levam mais de R$ 8 mil

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Bandidos arrombam lava-jato de jovem empresário de Cajazeiras e levam mais de R$ 8 mil










Um lava-jato localizado na rua Padre Ibiapina, nas imediações da avenida Francisco Matias Rolim, zona norte de Cajazeiras foi alvo de bandidos na madrugada desta segunda-feira (27). O microempresário Matheus Lacerda disse que bandidos arrombaram uma porta de ferro ao lado do seu estabelecimento e em seguida quebraram um buraco na parede para ter acesso ao lava-jato e subtraíram vários objetos de seu comércio.

De acordo com a vítima não é a primeira vez que o lava-jato é alvo da bandidagem. O prejuízo do arrombamento desta madrugada ultrapassa R$ 8 mil.


‘’Já fomos vítimas uma vez, também na madrugada. A gente reforçou tudo ao redor e agora ele [bandido] voltou pra levar tudo e voltou mesmo. O prejuízo é de oito mil pra cima. Chega a desmotivar, mas a gente tem que seguir em frente’’, disse.



Matheus Lacerda foi até a Central de Polícia em Cajazeiras e registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil. Na manhã desta segunda-feira (27), agentes estiveram no local realizando a perícia, porém, como a cena do crime já havia sido alterada pela própria vítima, poucas informações foram colhidas no trabalho pericial.

‘’Passei a manhã na delegacia, policiais vieram até aqui comigo. Como eu não sabia, eu tinha alterado o local, mas eles vieram e fizeram a perícia pra ver se apura alguma coisa’’, afirmou.

No local aonde os bandidos arrombaram para ter acesso ao lava-jato, a reportagem da TV Diário do Sertão encontrou uma faca pexeira, que segundo a vítima, nunca havia sido vista no local.


‘’Nunca tinha visto essa faca e olha que estive muitas vezes aqui. Esse povo só vem pra fazer fazendo o serviço, quando é pra roubar eles fazem de tudo’’, disse.


O microempresário fez um apelo as autoridades para que reforcem as rondas no local para evitar que outros assaltos ocorram.


A Polícia Civil de Cajazeiras investiga o caso, porém, até o momento ninguém foi preso.

DIÁRIO DO SERTÃO