VÍDEO: Cadáver encontrado na zona rural de Cajazeiras não aparentava perfurações no corpo, diz delegado VÍDEO: Cadáver encontrado na zona rural de Cajazeiras não aparentava perfurações no corpo, diz delegado VÍDEO: Cadáver encontrado na zona rural de Cajazeiras não aparentava perfurações no corpo, diz delegado

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

VÍDEO: Cadáver encontrado na zona rural de Cajazeiras não aparentava perfurações no corpo, diz delegado








 


 O delegado da 20ª Delegacia Seccional de Polícia Civil de Cajazeiras, Ilamilto Simplício, disse ao Diário do Sertão que o cadáver que foi encontrado na manhã desta quinta-feira (26) no sítio Boi Morto, na zona rural de Cajazeiras, não aparentava ter perfurações no corpo, foi constatado apenas um braço quebrado e arranhões.

Segundo a autoridade policial, a perícia feita no local do crime não apresenta uma conclusão da causa-morte, o que só ocorrerá após os exames cadavéricos realizados no Instituto de Polícia Científica (IPC).


O corpo foi encontrado na manhã desta quinta-feira (26)

“Vamos esperar um segundo laudo, que é o chamado laudo de exame cadavérico, que é o laudo mais detalhado no corpo da vítima. Esse laudo é feito pelo IML. O IML não concluiu ainda a causa-mortes”, explicou o delegado.

O CASO

Conforme informações da Polícia Militar, o corpo foi identificado como sendo Alexandre Nascimento Veloso, de 30 anos. Os peritos só puderam fazer a perícia no local na tarde desta quinta em virtude da equipe ter se dirigido a uma outra cidade antes do acontecido para atender outra ocorrência. O corpo foi conduzido ao IPC para realização da necrópsia.

DIÁRIO DO SERTÃO Com Fotos Ângelo Lima