Acusado de assassinar Dayane Mikelli Félix é condenado a 19 anos de reclusão Acusado de assassinar Dayane Mikelli Félix é condenado a 19 anos de reclusão Acusado de assassinar Dayane Mikelli Félix é condenado a 19 anos de reclusão

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Acusado de assassinar Dayane Mikelli Félix é condenado a 19 anos de reclusão



O Tribunal do Júri de Patos analisou nesta terça-feira, dia 17 de agosto, o caso envolvendo o crime de feminicídio ocorrido no ano de 2019, na cidade de São José do Bonfim, onde Damião Felismino assassinou a sua companheira Dayane Mikelli Félix da Silva, de 25 anos.

As informações levantadas à época davam conta que Dayane foi morta dentro de casa por Damião, que depois de passar algum tempo foragido foi preso pela polícia.

O crime gerou muita repercussão e voltou ao município.

O julgamento começou às 08h30m (oito e meia da manhã), e aconteceu no Auditório da Unifip, localizado no Bairro do Belo Horizonte aqui em Patos e terminou no final da tarde desta terça-feira (17). Ao final ficou decidido que Damião foi condenado a 19 anos de reclusão por feminicídio e absorvido da acusação de porte de arma.

Trabalhou na acusação o Dr. Samuel Colares (Promotor de justiça), e teve como assistente, Dr. Marcílio Batista. Na defesa estiveram a Dra. Núbia Soares e Corsino Neto (advogados). O Júri foi presidido pela juíza Dra. Isabela Joseane (Juíza).     

Patosonline.com