Polícia Militar inicia operação Cidade Segura em Monte Horebe, revela comandante do 6º BPM Polícia Militar inicia operação Cidade Segura em Monte Horebe, revela comandante do 6º BPM Polícia Militar inicia operação Cidade Segura em Monte Horebe, revela comandante do 6º BPM

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Polícia Militar inicia operação Cidade Segura em Monte Horebe, revela comandante do 6º BPM




Operação foi iniciada na manhã desta sexta-feira, em Monte Horebe
A cidade de Monte Horebe, no Alto Sertão da Paraíba amanheceu repleta de viaturas da Polícia Militar nesta sexta-feira (16). Estacionadas em frente a praça, os veículos estão sendo utilizados para realização de mais uma operação.


Em atenção aos apelos da população por mais segurança, que usou as redes sociais para reivindicar aumento do policiamento, o Governo da Paraíba, através das forças de segurança resolveu desencadear a Operação Monte Horebe Segura.

A informação foi confirmada à redação do Radar Sertanejo pelo Comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Cajazeiras, o Tenente-Coronel Alencar Leite Terceiro (Coronel Terceiro).

Segundo o comandante, participam da operação o CPR2, que é o regional da Polícia Militar e o efetivo do 6º BPM. “Vamos intensificar as rondas na cidade até os índices diminuírem”, disse o Coronel Terceiro.

Paraíba

A redução de homicídios na Paraíba teve destaque no Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgado na manhã desta quinta-feira (15). Segundo a publicação, em 2020, o estado teve o terceiro menor índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, no Nordeste, com uma taxa de 28,9 mortes por cem mil habitantes, perdendo apenas para Piauí e Maranhão.

A Paraíba também aparece com a segunda maior redução acumulada de homicídios na região, no período de 2011 a 2020, saindo de 44 assassinatos por cem mil habitantes e gerando uma queda de 34,3% na taxa, em relação às mortes no ano passado. A maior redução foi de Alagoas (51,1%).

Outra informação trazida pelo anuário é que em 2020 o estado obteve a quarta menor taxa de mortalidade por intervenção policial do país, com 0,9 ocorrências por cem mil habitantes, e a terceira menor proporção entre essas mortes no total de CVLI.




Radar Sertanejo