Ação conjunta das Polícias Civil e Federal prendem em João Pessoa homem suspeito de assassinar policial militar no Estado do RN Ação conjunta das Polícias Civil e Federal prendem em João Pessoa homem suspeito de assassinar policial militar no Estado do RN Ação conjunta das Polícias Civil e Federal prendem em João Pessoa homem suspeito de assassinar policial militar no Estado do RN

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Ação conjunta das Polícias Civil e Federal prendem em João Pessoa homem suspeito de assassinar policial militar no Estado do RN







Foi desencadeada nesta quinta-feira dia 1º de julho uma operação integrada entre a Polícia Civil da Paraíba através da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) e a força-tarefa da Polícia Federal/RN, que resultou nas prisões de homens suspeitos de pertencerem a uma organização criminosa especializada em roubos a bancos, e um dos indivíduos é investigado também pelo assassinato do cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva, no ano de 2018 em Mossoró.

Os policiais deram cumprimento aos mandados de busca e apreensão nos bairros de Gramame e Valentina, na capital paraibana, sendo encontrado em posse dos indivíduos um rifle calibre .44, um revólver calibre .38 e uma quantidade de entorpecentes.



De acordo com o delegado Diego Beltrão, ainda contra o suspeito de matar o militar existiam expedidos em seu desfavor cinco mandados de prisão, todos oriundos da Justiça do Rio Grande do Norte.

“Era um dos criminosos mais procurados pelas polícias daquele estado. Obtivemos informações de que ele estaria em João Pessoa, possivelmente arquitetando ataques a agências bancárias, mas esta investigação conjunta com essa força-tarefa da Polícia Federal conseguimos desarticular mais um braço do crime organizado”, disse o delegado.

Relembre o caso

O cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva foi assassinado durante um assalto ao ônibus em que ele estava a caminho da faculdade em Mossoró. Os criminosos reconheceram o policial e efetuaram vários tiros de arma de fogo, que veio a óbito.