Família identifica jovem que foi morto em Itaporanga, e corpo não será mais enterrado como indigente Família identifica jovem que foi morto em Itaporanga, e corpo não será mais enterrado como indigente Família identifica jovem que foi morto em Itaporanga, e corpo não será mais enterrado como indigente

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I
SUPER BANNER

Família identifica jovem que foi morto em Itaporanga, e corpo não será mais enterrado como indigente



Foi reconhecido como João Bruno Lima da Silva, 19 anos, o jovem que foi morto com um tiro na cidade de Itaporanga na última terça-feira (27). A identificação foi feita por familiares do rapaz, que residem no bairro do Rangel, em João Pessoa.


Em contato com a redação do Diamante Online, eles afirmaram que só conseguiram fazer contato nessa quarta-feira (30) com o Núcleo de Medicina Legal (NUMOL) de Patos, onde o corpo está localizado. 

Segundo o delegado que está investigando o caso, o jovem ia ser enterrado como indigente por não ter sido identificado e nem reconhecido pela família.

Parentes relataram que ele havia perdido toda a documentação antes de viajar para Itaporanga. 

O Numol deu um prazo de 60 dias para a família realizar o translado do corpo para enterrá-lo em João Pessoa.

Questionada se havia motivos que levaram o rapaz a ser morto de forma brutal, uma prima dele relatou que não encontrou razões, porque ele era muito humilde e trabalhador.

A Polícia Civil ainda tem teve provas da autoria do crime. 

Relembre o caso: Jovem é assassinado a tiros no centro da cidade de Itaporanga

Fonte: Diamante Online