"A situação de Cajazeiras é extremamente grave e crítica", afirma Presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba "A situação de Cajazeiras é extremamente grave e crítica", afirma Presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba "A situação de Cajazeiras é extremamente grave e crítica", afirma Presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

"A situação de Cajazeiras é extremamente grave e crítica", afirma Presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba




“A situação de Cajazeiras é extremamente grave e crítica. Os médicos nos relataram que as macas do Samu estão sendo retidas nos hospitais por não haver mais leitos para colocar pacientes. Atualmente, não há possibilidade de expansão de leitos, seja por falta de espaço físico ou de equipe de profissionais”, afirmou João Modesto Filho.

Bruno Leandro ainda afirmou que "a cidade pede socorro" e que o CRM-PB já solicitou a transferência de pacientes pela Regulação de Leitos do estado para outras regiões da Paraíba. “Além disso, encaminhamos um pedido de apoio ao Ministério da Saúde, no envio de novos leitos, equipamentos e recursos humanos. Também enviamos documento à Secretaria Estadual de Saúde, solicitando a expansão de leitos”, explicou.

Bruno informou que o CRM-PB continuará acompanhando como encontram-se a situação dos serviços de saúde na Paraíba, dando suporte aos profissionais da saúde e buscando meios para proporcionar um atendimento digno e eficaz à população.