Júri acata tese de legítima defesa e absolve acusado de matar sargento da Polícia Militar, Wellington dos Santos Júri acata tese de legítima defesa e absolve acusado de matar sargento da Polícia Militar, Wellington dos Santos Júri acata tese de legítima defesa e absolve acusado de matar sargento da Polícia Militar, Wellington dos Santos

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I
SUPER BANNER

Júri acata tese de legítima defesa e absolve acusado de matar sargento da Polícia Militar, Wellington dos Santos




Aconteceu nesta terça-feira, dia 20, o julgamento de Joailton Ribeiro de Lucena, conhecido como “Orelha. Ele era o principal acusado da morte do sargento da Polícia Militar, Wellington dos Santos.

O crime ocorreu no dia 31 de janeiro do ano passado, no Drink’s Bar, localizado na rua do Prado, centro de Patos.

Acusado foi absolvido pelo Júri Popular levado a julgamento no dia de hoje. O Júri acatou a tese de legítima defesa e absolveu o acusado.

A defesa esteve a cargo dos Drs. Djalma Queiroga e Humberto Simplício, os quais com muito esforço conseguiram com que os jurados acatassem a tese de legítima defesa e conseguiram absolver seu constituinte.

Patosonline.com