Drª Paula defende aperfeiçoamento do Plano Nacional de Vacinação para incluir trabalhadores vulneráveis ao contágio e a transmissão da Covid-19 Drª Paula defende aperfeiçoamento do Plano Nacional de Vacinação para incluir trabalhadores vulneráveis ao contágio e a transmissão da Covid-19 Drª Paula defende aperfeiçoamento do Plano Nacional de Vacinação para incluir trabalhadores vulneráveis ao contágio e a transmissão da Covid-19

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I
SUPER BANNER

Drª Paula defende aperfeiçoamento do Plano Nacional de Vacinação para incluir trabalhadores vulneráveis ao contágio e a transmissão da Covid-19




O Plano Nacional de Vacinação precisa ser respeitado, mas pode ser aperfeiçoado, segundo declarou a deputada Drª Paula (Progressistas), nesta sexta-feira (9), ao participar da Audiência Pública da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Paraíba. Ela defende a inclusão, na lista de atividades essenciais para efeitos de vacinação, de profissionais que atuam na linha de frente, vulneráveis ao contágio e a transmissão novo Coronavírus (Covid-19).

PUBLICIDADE 

 
De acordo com a deputada, trabalhadores tais como garis, oficiais de justiça, acadêmicos dos cursos de Ciências da Saúde de faculdades e universidades sediadas na Paraíba e médicos residentes em hospitais e posto de saúde no Estado estão na linha de frente, em permanente contato com pessoas infectadas com o novo Coronavírus. “Por essa razão, estes profissionais precisam ser imunizados, com urgência”. Argumenta.

Drª Paula acrescenta que há, ainda, outro grupo de profissionais que, também, precisam ser vacinados com urgência e, por essa razão, inclusos na relação de atividades essenciais para efeitos de vacinação da Covid-19, quais sejam: funcionários de policlínicas municipais, UTIs, maternidades, centro de quimioterapia, de transplante renal entre outras especialidades do ambiente hospitalar.

“Os profissionais e trabalhadores que atuam na linha de frente estão, inevitavelmente, vulneráveis ao contágio e a transmissão do novo Coronavírus, cujo risco é potencializado na consecução das atividades que lhe são inerentes”, destaca a deputada.

Deficiência Permanente
A deputada Drª Paula, na oportunidade, defendeu também a inclusão de pessoas com deficiência permanente na lista de preferência para efeitos de vacinação, ao se acostar à fala da colega deputada Cida Ramos (PSB).

Audiência
A Audiência foi realizada de forma virtual, por meio de videoconferência, e conduzida pelo deputado Taciano Diniz, presidente da Comissão de Saúde, Saneamento, Assistência Social, Segurança Alimentar e Nutricional da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Participaram do evento gestores da área de saúde, da esfera estadual e municipal, a exemplo do secretário executivo estadual de Saúde, Daniel Beltrammi. Na ocasião, coube a secretário executivo estadual de Gestão de Rede de Unidade de Saúde, Renata Nóbrega, fazer uma explanação sobre a execução do Plano de Vacinação no Estado.