Mulher que matou casal de idosos para roubar R$ 20 na Paraíba é presa e condenada a 46 anos de prisão Mulher que matou casal de idosos para roubar R$ 20 na Paraíba é presa e condenada a 46 anos de prisão Mulher que matou casal de idosos para roubar R$ 20 na Paraíba é presa e condenada a 46 anos de prisão

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Mulher que matou casal de idosos para roubar R$ 20 na Paraíba é presa e condenada a 46 anos de prisão

 



Mulher que matou casal de idosos para roubar R$ 20 na Paraíba é presa e condenada a 46 anos de prisãoA condenada pela Justiça foi localizada e presa por equipes do Núcleo de Homicídios da Delegacia de Queimadas.


Mulher que matou casal de idosos para roubar R$ 20 na Paraíba é presa e condenada a 46 anos de prisão

A Polícia Civil, por intermédio do Núcleo de Homicídios da Seccional de Queimadas, prendeu, na tarde de ontem (12), uma mulher condenada a 46 anos de prisão pela prática de crime de homicídio.


O crime que motivou sua condenação foi praticado no dia 7 de julho de 2019, na cidade de Queimadas, no Conjunto Correia Lima II. As vítimas, um casal de idosos. A senhora Maria José da Silva de 74 anos e seu esposo Graciano Mendes da Silva de 85 anos.


Na época o caso foi tratado como latrocínio e tentativa de latrocínio, uma vez que o idoso sobrevivera ao ato criminoso.


A mulher que agora foi condenada a 46 anos de prisão, tinha 20 anos de idade quando praticou o crime e seu marido, tinha 21 anos. Os dois foram contratados para cuidar dos idosos e praticaram o crime para roubar a quantia de 20 reais. O fato foi muito comentado pela imprensa na época.


O marido ficou preso, porém a mulher embora presa em flagrante à época, como já dito, foi colocada em liberdade pela Justiça.


É preciso dizer ainda que após matar a idosa eles atearam fogo na casa para matar o idoso que estava em cadeiras de rodas. Os vizinhos viram o fogo e conseguiram salvar o idoso que faleceu 10 dias depois. A idosa foi morta com uma pancada na cabeça e em seguida lhe deram mais 4 golpes de faca no pescoço.


A acusada vai cumprir pena no Presídio Feminino em Campina Grande.