Acidente com veículo de carga em frente a Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal em São Mamede Acidente com veículo de carga em frente a Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal em São Mamede Acidente com veículo de carga em frente a Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal em São Mamede

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Acidente com veículo de carga em frente a Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal em São Mamede



Na manhã deste domingo (21), um poste de iluminação da Unidade Operacional da PRF em São Mamede foi danificado por uma colisão de uma carreta transportando carga indivisível de componente de uma usina eólica pelas dimensões que ultrapassam os níveis normais de largura e altura. Essa combinação colidiu com poste e arrastou os fios da rede elétrica iluminação noturna da Unidade Operacional da PRF em São Mamede.

O responsável pelo transporte foi acionado para corrigir os danos, retirar o poste danificado e isolar a rede elétrica. Ao mesmo tempo, ele se comprometeu a consertar o poste danificado restituir o patrimônio público. Essa ocorrência se assemelha outra ocorrida no início desse mês, quando um caminhão colidiu com dois postes de iluminação da unidade de São Mamede. Após ser localizado e identificado o mesmo se prontificou a corrigir o dano causado. O conserto já está sendo realizado com restabelecimento dos dois postes atingidos.

Quase no mesmo horário no Km 371 da BR-230, na cidade de Malta, um fio da rede elétrica cedeu sobre a pista de rolamento, ficando a cerca de um metro do solo. A equipe PRF sinalizou o local até a chegada da equipe da Energisa. Aproveitamos para recomendar a todos os usuários de rodovias que se depararem com fios da rede elétrica soltos ou caídos sobre a rodovia, acionem a PRF imediatamente, a fim de evitar acidentes. De forma alguma tocar no fio, nem tentar passar por cima com o veículo, evitando assim danos materiais, ferimentos e até morte. Em qualquer situação de perigo acidente ou problemas mecânicos todos podem nos acionar pelo número 191.

Fonte: Ascom/PRF