Polícia recupera carro roubado de enfermeira em Campina Grande com 70 doses de vacina contra a Covid-19 Polícia recupera carro roubado de enfermeira em Campina Grande com 70 doses de vacina contra a Covid-19 Polícia recupera carro roubado de enfermeira em Campina Grande com 70 doses de vacina contra a Covid-19

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I
SUPER BANNER

Polícia recupera carro roubado de enfermeira em Campina Grande com 70 doses de vacina contra a Covid-19





A Polícia Militar recuperou na tarde deste domingo (31) o automóvel Tiggo, de propriedade de uma enfermeira da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Campina Grande, que foi tomado por assalto no início da manhã, com uma caixa térmica contendo 70 doses da vacina contra a Covid-19. O veículo foi localizado no bairro das Malvinas, em Campina Grande.


Segundo o comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar, Major Benevides, nenhuma vacina foi subtraída pelos bandidos, que levaram os pertences da enfermeira (bolsa, celular e notebook).



“Por volta das 11hrs e 30min a guarnição de Puxinanã recebeu o informe de que o veículo Tiggo estava no bairro das Malvinas (em Campina Grande). A guarnição, ao chegar no local, constatou a veracidade e que o carro estava com uma caixa térmica na parte de trás do veículo. Aparentemente nenhuma vacina foi subtraída, apenas pertences pessoais da vítima (bolsa, celular e notebook)”, diz comunicado da assessoria da PM.


A enfermeira relatou à polícia que estava responsável pela vacinação da Covid-19 dos profissionais da área de saúde do Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luis Gonzaga Fernandes, de Campina Grande, e que, após o trabalho de vacinação, sobraram 70 doses da vacina. Que foi determinado para que as doses fossem encaminhadas do Trauma até a Secretaria de Saúde quando, por volta das 08hrs e 30min, na saída do Trauma, foi surpreendida por dois elementos armados, em uma motocicleta, e o veículo foi tomado por assalto.

 
Segundo a enfermeira proprietária do veículo, a caixa térmica tem um gerador que dispara depois que o carro desliga. Assim, a caixa manteve a temperatura. Provavelmente as vacinas não foram perdidas.

 

Carlos Magno