Por conta de moto, homens tentam contra a vida de policial militar do Ceará e um dos envolvidos é ferido com disparos de arma de fogo em São João do Rio do Peixe  Por conta de moto, homens tentam contra a vida de policial militar do Ceará e um dos envolvidos é ferido com disparos de arma de fogo em São João do Rio do Peixe  Por conta de moto, homens tentam contra a vida de policial militar do Ceará e um dos envolvidos é ferido com disparos de arma de fogo em São João do Rio do Peixe 

BANNER PRINCIPAL

BLOCO pequeno I

SUPER BANNER

SUPER BANNER

Por conta de moto, homens tentam contra a vida de policial militar do Ceará e um dos envolvidos é ferido com disparos de arma de fogo em São João do Rio do Peixe 


Por volta das 5h00 desta sexta-feira dia 23 de outubro, a guarnição do destacamento da polícia militar em São João do Rio do Peixe foi procurada por senhor Francisco Fernandes Neto (policial militar no estado do Ceará), relatando que o seu tio o senhor Geraldo Abrantes Fernandes, teria ido a casa dos nacionais Francisco Bruno Duarte Araújo e Alex Sandro Duarte Araújo para buscar uma moto, momento em que os indivíduos se exaltaram, vindo a pegar uma roçadeira e desferir vários golpes na moto, bem como ameaçando o tio do solicitante com a referida arma branca, e ainda segundo informações, teria ouvido estampidos parecidos com disparos de arma de fogo quando mesmo saia do local. Nesse instante, o senhor Geraldo ligou para solicitar pedindo ajuda afirmando que estava sob ameaça ato contínuo o o militar foi até o local, onde foi recebido com agressões pelos referidos investigados chegando  na  tentativa tomar a arma do referido policial, no momento em que em sua defesa, efetuou dois disparos em direção a um dos acusados ferindo o mesmo nas nádegas e cabeça de raspão.

Em seguida juntamente com seu tio seguiu para destacamento policial para comunicar o fato.

 Diante disso a guarnição foi até o local e constatou a veracidade do fato, o indivíduo atingido foi socorrido para hospital Regional de Cajazeiras,  onde ficou sobre cuidados médicos, os demais envolvidos foram conduzidos a delegacia de Cajazeiras onde foi confeccionado os laudos de ofensa física e apresentados autoridade policial competente para as medidas cabíveis.

 A moto que foi motivo da confusão não foi localizada.