Falso agenciador que aplicou 'calote gigante' no comercio de Sousa é preso no estado de Sergipe - Blog do Ângelo Lima

Falso agenciador que aplicou 'calote gigante' no comercio de Sousa é preso no estado de Sergipe




O falso agenciador de trabalhadores que aplicou golpes em Sousa e em outros estados do Nordeste, foi preso nesta quarta-feira (06) em Aracaju, capital de Sergipe. Diego Freitas da Silva foi preso flagrante com mais dois comparsas por nome de Max Wendel da Costa Silva e Jussiê da Costa Silva, ambos, irmãos. Diego, que já aplicou um calote gigante na cidade de Sousa em outros estados da federação. Desta vez, o falso agenciador estava recrutando trabalhadores e aplicando o mesmo golpe em Maruim-Sergipe, com promessa de trabalho a pessoas daquela região. 

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Portal Debate Paraíba, após uma denúncia no Ministério Público de Sergipe, pessoas estavam sendo atraídas por uma falsa promessa de emprego no ramo da construção civil e, por ocasião da apresentação do currículo, eram informadas de que teriam de pagar R$ 75 por um futuro exame médico admissional. A Polícia Civil foi até o local e constatou o crime. Na capital Aracaju, foram presos três homens que fizeram o recrutamento de pessoas, em cidades diferentes, para receberem os currículos e o dinheiro.


Ainda segundo as informações, a Polícia Civil daquele estado, foi até o local indicado, uma residência no município de Maruim, Sergipe, e verificou que algumas pessoas estavam entregando os currículos profissionais e pagando a suposta taxa. Os agentes questionaram o responsável pelo recebimento. Ele alegou que, recentemente, foi procurado por três homens de fora, que se passaram por representantes de uma empresa de engenharia e informaram que precisavam de trabalhadores para a construção de subestações de painéis solares.

Assim, o trio teria oferecido um emprego e dito que ele deveria arregimentar os trabalhadores e recolher os R$ 75 de cada um. Pelo serviço, os homens informaram que ele receberia a quantia de R$ 5 mil. A Polícia Civil apreendeu cerca de 400 currículos e pouco mais de R$ 17 mil. Algumas vítimas pagaram e outros ficaram de levar o dinheiro depois. Anotações referentes a pagamento eram feitas em cadernos.



Segundo as informações policiais, Diego já havia sido preso, em Imperatriz (MA), no ano de 2018, por suspeita de estelionato. Há contra ele dois registros de ocorrência feitos recentemente na capital sergipana. Diego confirmou que o trio esteve nos municípios de Maruim, Rosário do Catete, Laranjeiras e Carmópolis.



Golpes em Sousa

Diego Freitas da Silva foi acusado de aplicar um golpe com mais de 600 pessoas no mês de março. De acordo com informações, o suposto agenciador trouxe mais de 600 pessoas da cidade de Paulo Afonso na Bahia com promessa de trabalho em obras na cidade de Sousa e região. O falso agenciador hospedou vários trabalhadores em várias pousadas da cidade de Sousa, contratou restaurantes e outros serviços na cidade, sendo que teria sumido sem pagar pelos serviços.

Na época, os trabalhadores procuraram a delegacia de policia civil e denunciaram Diego que teria cobrado cerca de R$ 380,00 reais de cada pessoa, com promessa de trabalho na região de Sousa. Além de enganar os trabalhadores, Diego deixou um grande prejuízo no comercio de Sousa e região. 


Da Redação do Debate Paraíba

Falso agenciador que aplicou 'calote gigante' no comercio de Sousa é preso no estado de Sergipe Falso agenciador que aplicou 'calote gigante' no comercio de Sousa é preso no estado de Sergipe Reviewed by Ângelo Lima on 05:11:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.