Estudante acusado de matar outro dentro do Colégio Comercial em Cajazeiras é condenado pelo Tribunal do júri a 17 anos de cadeia em regime fechado - Blog do Ângelo Lima

[Fechar]

Estudante acusado de matar outro dentro do Colégio Comercial em Cajazeiras é condenado pelo Tribunal do júri a 17 anos de cadeia em regime fechado




O Tribunal do júri de Cajazeiras se reuniu nesta quinta-feira dia 28 de fevereiro e condenou a 17 anos e dois meses de cadeia em regime fechado o popular José Hyarlley Lopes de Sousa, 27 anos acusado de matar dentro da Escola Monsenhor  Constantino Vieira (COMERCIAL) o estudante Renato Torres de Oliveira, 21 anos de idade na época do crime.


O crime ocorreu na tarde de uma terça-feira em 21 de junho de 2011. 




Renato cursava o 3º ano e foi morto dentro da sala de aula durante uma confusão com Hyarlley, que o matou a facadas. De acordo com informações, os dois envolvidos eram muito amigos, faziam parte de um grupo de igreja e tocavam violão juntos.

Os amigos começaram a brigar por conta de uma namorada. O desentendimento começou no mês de (Maio) do mesmo ano, em uma festa que aconteceu na cidade. Na segunda-feira (20), eles voltaram a se desentender e isso motivou o acusado a levar uma faca para a escola.

O acusado fugiu pela janela da sala de aula. De acordo com informações, Hyarlley responsável pelo crime, se entregou na Delegacia da cidade de Cajazeiras dizendo ao delegado de plantão que o prendesse, pois ele havia matado um colega no colégio. O jovem atormentado, disse ainda que era melhor ser preso a ter que voltar para casa naquela situação.

O SAMU chegou ao local, mas a vítima já estava sem vida.

O acusado foi trasfe


Estudante acusado de matar outro dentro do Colégio Comercial em Cajazeiras é condenado pelo Tribunal do júri a 17 anos de cadeia em regime fechado Estudante acusado de matar outro dentro do Colégio Comercial em Cajazeiras é condenado pelo Tribunal do júri a 17 anos de cadeia em regime fechado Reviewed by Ângelo Lima on 11:59:00 Rating: 5

Previsão do Tempo