Chefe de gabinete pede exoneração no Conde - Blog do Ângelo Lima

Chefe de gabinete pede exoneração no Conde



A Prefeitura de Conde confirmou na manhã desta terça-feira (22) a exoneração a pedido do padre Severino dos Santos Melo do cargo de secretário-chefe de Gabinete.

O pedido de exoneração foi encaminhado a prefeita Márcia Lucena através de carta.

“Respeito e acato a decisão do padre Severino, auxiliar sobre quem posso dar meu testemunho de correção, de lealdade e de responsabilidade no exercício de suas funções de Governo em nossa gestão”

No documento encaminhado a gestora, o padre afirma que “a decisão de afastar-me não significa aceitação tácita de imputações jamais comprovadas de supostos desvios éticos acontecidos em minha longa e frutífera prática sacerdotal”.

Na correspondência em que informa a intenção de deixar o do cargo, o padre argumenta.

“Sobre as acusações, agora renovadas em reportagem de televisão, relembro que o processo que originou questionamentos à minha conduta pastoral foi arquivado e homologado em novembro de 2017 pelo Conselho Superior do Ministério Público da Paraíba por absoluta falta de provas”, destacou.

O padre Severino acrescenta: “Compreendo o meu afastamento, no entanto, como imperativo frente a desdobramentos de ordem política que não aproveitam à Prefeitura de Conde”, e diz também que “aos adversários da retomada do desenvolvimento do município cumpre o desserviço à população de a tudo distorcer e desacreditar com inverdades o trabalho cotidiano pleno de dignidade que iniciamos quando de sua posse”.

O ex-chefe de Gabinete destaca ainda: É também em resguardo à população assistida pela nossa gestão democrática que me retiro da cena administrativa preservando-a dos inconvenientes de injúrias descabidas contra a gestão que poderão advir numa conjuntura de confrontos e conflitos artificialmente criados por grupos oposicionistas”.

Confira a carta, na íntegra:

Excelentíssima Prefeita Márcia Lucena

Evoco o profeta neste momento em que encaminho à Vossa Excelência meu pedido de exoneração do cargo de secretário-chefe de Gabinete: “Regozija-se a minha alma em meu Deus”.

Afirmo que a decisão de afastar-me não significa aceitação tácita de imputações jamais comprovadas de supostos desvios éticos acontecidos em minha longa e frutífera prática sacerdotal.

Sobre as acusações, agora renovadas em reportagem de televisão, relembro que o processo que originou questionamentos à minha conduta pastoral foi arquivado e homologado em novembro de 2017 pelo Conselho Superior do Ministério Público da Paraíba por absoluta falta de provas.

Compreendo o meu afastamento, no entanto, como imperativo frente a desdobramentos de ordem política que não aproveitam à Prefeitura de Conde.

Aos adversários da retomada do desenvolvimento do município cumpre o desserviço à população de a tudo distorcer e desacreditar com inverdades o trabalho cotidiano pleno de dignidade que iniciamos quando de sua posse.

É também em resguardo à população assistida pela nossa gestão democrática que me retiro da cena administrativa preservando-a dos inconvenientes de injúrias descabidas contra a gestão que poderão advir numa conjuntura de confrontos e conflitos artificialmente criados por grupos oposicionistas.

Cumpre-me além do que está posto, enfatizar o meu amor incondicional à gente honrada e bondosa de Conde que sempre me acolheu em sua benevolência; e reafirmar minha gratidão pela oportunidade que a mim foi dada pela gestão à qual Vossa Excelência lidera de integrar o trabalho grandioso que a Prefeitura realiza em benefício do Povo de Deus.

Reitero, ainda, que é com o coração partido e sangrando que saio dessa atividade que tenho desenvolvido ao seu lado. Sei que o sacrifício e martírio sempre foram necessários para a libertação e salvação de populações inteiras.  Fez-se necessário a morte de Cristo em favor do bem da humanidade.

Muitas vezes se faz necessário morrer como um grão de milho, para ressuscitar, renascer para a Páscoa total.

“Louvarei ao Senhor em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente em minha boca”.

MaisPB
Chefe de gabinete pede exoneração no Conde Chefe de gabinete pede exoneração no Conde Reviewed by Ângelo Lima on 13:09:00 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.