Trio é preso suspeito de participação nas explosões das agências do BB de São José de Piranhas e São João do Rio do Peixe




As Polícias Civil e Militar da Paraíba realizaram, na manhã desta sexta-feira (10), a Operação Serra das Araras, visando desarticular uma organização criminosa responsável por explosões a bancos e homicídio no Sertão. Três pessoas foram presas durante a ação realizada na cidade de Ibiara. As prisões ocorreram após investigações desenvolvidas pela 17ª Delegacia Secional de Itaporanga.

De acordo com informações do delegado de Polícia Civil, Glauber Fontes, os presos estão sendo apontados como participantes de ataques a várias agências bancárias na região do Sertão paraibano. Segundo levantamentos policiais, já foi constatada a participação do grupo em pelos menos duas explosões bancárias, sendo uma em São João do Rio do Peixe, e a outra na cidade São José de Piranhas.

Foram presos Antonio Gonzaga de Sousa e Jô Gonzaga de Sousa, pai e filho, que seriam responsáveis também pelo homicídio de um vigilante do Banco do Brasil do município de Santana de Mangueira, ocorrido em novembro de 2016, inclusive a arma utilizada no crime – uma pistola ponto 40 – foi localizada e apreendida com os envolvidos. E o outro suspeito foi identificado como Edwilson Sousa Siqueira Mangueira. Ainda segundo o delegado, existem mais dois mandados de prisão em abertos de outros envolvidos no grupo criminoso.

Durante a operação, também foram apreendidas 12 câmeras de monitoramento, que são utilizadas pelas agências bancárias e que foram subtraídas pelos executores do crime durante os ataques. Até o momento já foram apreendidos seis veículos roubados, sendo três carros e três motos, uma espingarda calibre 12, e dezenas de munições, utilizadas nas ações criminosas. Novas diligências estão sendo realizadas para identificar e, possivelmente, apreender outros veículos, que podem ter sidos clonados pelo grupo.

As investigações foram iniciadas há cerca de seis meses e o nome da operação, “Serra das Araras”, é uma alusão à cidade de Ibiara, onde aconteceu a ação exitosa, que culminou com o desvendamento do crime contra um vigilante e a desarticulação de uma quadrilha responsável por ataques a agências bancárias. Todos os presos foram encaminhados para unidade policial de Itaporanga, onde permanecem à disposição do Poder Judiciário para audiência de custódia.
Trio é preso suspeito de participação nas explosões das agências do BB de São José de Piranhas e São João do Rio do Peixe Trio é preso suspeito de participação nas explosões das agências do BB de São José de Piranhas e São João do Rio do Peixe Reviewed by Ângelo Lima on 05:48:00 Rating: 5

Previsão do Tempo